“A Pátria não é ninguém. Somos todos!”

A Câmara de Maringá realiza de 1º a 7 de setembro a Semana da Pátria, que este ano tem como lema “A Pátria não é ninguém. Somos todos!”, baseado em texto de Rui Barbosa escrito em 1903, em que o autor destaca os direitos dos cidadãos e exalta que a Pátria “é o céu, o solo, o povo, a tradição, a consciência, o lar”. Os palestrantes irão falar sobre direitos humanos, televisão educativa, ética, teorias sanitárias e o planejamento do Brasil Republicano, educação, meio ambiente, música e sobre Rui Barbosa. As palestras serão realizadas a partir das 9 horas no Plenário Ulisses Bruder e serão transmitidas ao vivo pelo site da Câmara. A Semana também terá a exposição “Profissões” do artista plástico Hector Consani. O artista ganhou um concurso dos Correios com uma série de quadros sobre profissões que foram transformados em selos. Confira a programação completa:

3/9
9h – Abertura Oficial
9h15 – Direitos Humanos e Cidadania – tenente-coronel Antonio Roberto dos Anjos Padilha – comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar
10h15 – TV Educativa: um canal a serviço do conhecimento – mestre Ricardo Torquato: coordenador do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo do Cesumar, mestre em Mídia e Cultura, e Mariana Kateivas: estudante de Comunicação social com habilitação em Jornalismo

4/9
9h – Responsabilidade Cidadã no Cotidiano – mestre Selson Garutti: professor, mestre em Ciências da Religião e doutorando em Educação
10h – Os miasmas e os humores na República: As teorias sanitárias e o planejamento de um Brasil Republicano – doutor Christian Fausto Moraes dos Santos: professor de Graduação e mestrado em História da UEM e coordenador do Laboratório de História, Ciência e Ambiente

5/9
9h – Educação e Cidadania – doutora Luzia Yamashita Deliberador: doutora em Ciências da Comunicação, professora da Faculdade Maringá e coordenadora de projetos sociais de Mídia Educação em Maringá e Sarandi
10h – A participação da juventude na construção de uma justiça socioambiental – Mestre Elton Tada: Teólogo, mestre em Ciências da Religião e doutorando em Ciências da Religião

6/9
9h – Rui Barbosa: um patriota – professor João Laércio Leal: historiador da Divisão de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria de Cultura de Maringá

10h – A Pátria cantada – jornalista Marcelo Bulgarelli: radialista, blogueiro e crítico de cinema
Exposição “Profissões” do artista plástico Hector Consani durante todos os dias da semana cívica.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9.

10 pitacos em ““A Pátria não é ninguém. Somos todos!”

  1. amadei.paulo@gmail.com'

    Todos candidatos a vereança deveriam participar. Quem sabe aprenderão que o município faz parte da Pátria. Quem entendam o que Rui Barbosa disse:
    “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”

  2. re98clos@yahoo.com.br'

    Oba! Vai n mudar o horário de 16 para 19 horas? Se não, vão apenas os “gatos pingados” na CMM. Queremos todos participar. Outra: podemos sugerir também Leis (artigos), e o cumprimento delas pelos vereadores? Vai ter que trocar muitos vereadores, podemos sugerir (os que não cumprem a lei vão ter que sair);

    • luizcarlos.rizzo@gmail.com'

      Do leitor

      Semana da pátria, mensalinho

      Numa distante cidade do noroeste do……, prefeitura e Câmara Municipal usariam do expediente de campanhas “cívicas” para, na prática, pagar os mensalinhos de alguns meios de comunicação.
      Uma estratégia inteligente porque o Tribunal de Contas proíbe gastos com publicidade pessoal, mas aprova, na prestação de contas públicas, gastos com campanhas “cívicas”. E dá-lhe uma semana de eventos, palestras, arroubos “patrióticos” para satisfação dos senhores e pequenos barões da mídia dessa cidade lá do noroeste do….
      Isso, sim, seria mensalinho porque seria o pagamento de acumulado de meses de publicidade pessoal ou propaganda política.
      A conferir os espaços generosos que a mídia dará às artes conclamando ao civismo. Há se o civismo verdadeiro soubesse o que fazem com ele. Pobre civismo, mais uma vez enganado e servindo de pretexto para outras – e más – intenções…

  3. dinorchagas@yahoo.com.br'

    Pertinente o convite para a exposição do artista plástico Hector Consani.
    Um momento para não esquecemos das profissões, nem tão procuradas hoje em dia, mas que ainda resistem à modernidade. Profissões como sapateiro, manicure, barbeiro, carpinteiro, engraxate, pipoqueiro, são retratadas com maestria por Hector Consani, como uma homenagem às milhares de famílias que vivem da atividade…

Deixe uma resposta