Pérola Park Shopping Atacadista

Pérola Park Shopping Atacadista
A foto é de Marco Antonio Deprá, impressionado com o tamanho do edifício do Pérola Park Shopping Atacadista, na PR-317, saída para Campo Mourão. Ocupa uma grande área, da PR-317 até a avenida Marcelo Messias Busíquia. Em abril do ano passado a Prefeitura de Maringá embargou a obra por falta de alvará (aqui).

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9.

16 pitacos em “Pérola Park Shopping Atacadista

  1. PORQUE DESOBEDESERAM UMA ORDEM DA PREFEITURA ???

    PORQUE PEITARAM A PREFEITURA ???

    Mesmo o grupo nao sendo de maringa e nao tendo influenicia politica aqui ???

    Só tem uma explicacao !!!!!!!!

    BRASILIA …BRASILIA ….O ZÉ MANDA NA PARADA …

  2. zyxmartins@hotmail.com'

    “CASA DA MAE JOANA” E o que se pode dizer das prefeituras e seus órgãos fiscalizadores onde neste empreendimento jamais colocariam dinheiro
    sabendo que seria embargado. Brasil de norte a sul a corrupção impera
    no setor de liberação de alvarás onde na “fatalidade” de Santa Maria deveriam
    ir para a cadeia desde o dono da boate ………….até o prefeito.

  3. Mas já não havia sido liberada a obra? Duvido muito que continuariam sem liberação.
    Se num empreendimento que vai gerar centenas de empregos eles foram tão rigorosos, por que não usar rigor também nas fiscalização das obras do contorno norte, nas obras das casas do PAC e nos horários dos CCs?

Deixe uma resposta