Passeio público

Calçada
Leitora envia foto de uma calçada de responsabilidade da Prefeitura de Maringá, atrás do cemitério municipal, na rua Mem de Sá. “Os vizinhos estão indignados com a falta de manutenção, sem falar que está muito perigoso passar por ali. Do outro lado não dá para passar devido ao mato”, conta.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Passeio público

  1. Como diria o velho e conhecido dito popular! “O macaco senta no seu próprio rabo e dá-lhe falar dos outros” Mas é certa a fiscalização da PMM neste caso de aplicar as multas em proprietários que abandonam os seus terrenos, e deixam os vizinhos conviver no fogo cerrado, do lixo, do criadouro de mosquito da dengue, ninguém merece. A fiscalização está correta, agora tem que fazer as limpezas com maior brevidade, não adianta sair tirando fotos e não limpar os terrenos.

    E dá-lhe multas, pois os vizinhos que convivem com os terrenos vazios ao lado de suas moradias, vivem muitos tipos de problemas, além da dengue, outros animais, seguranças etc!

    José Fuji

  2. AGUINALDO diz:

    CONCORDO QUE DEVA SIM SER MULTADO OS PROPRIETARIOS DE TERRENOS QUE ESTEJEM CHEIOS DE MATOS E LIXO, POREM AGORA O COMENTÁRIO E A RESPEITO DE LUGARES PUBLICOS QUE ESTÃO ABANDONADOS SENDO DE RESPONSABILIDADE DA PREFEITURA QUE SÓ SABE COBRAR E NÃO FAZEM NADA E PARA OS PUXA SACOS AI QUE ACHAM QUE ESTA ÓTIMO PEGA UMA ENXADINHA E VAI LA CARPIR.

  3. Ah! conheço este lugar, moro nesta rua, esta ponta do cemitério foi aquela que rompeu o muro duas vezes devido a chuvas, e pelo jeito vai romper novamente porque embaixo desta calçada quebrada tem um buraco enorme, da até medo de passar ai, mas não temos outro lugar, quem faz caminhadas neste local sabe do que estou falando.
    Espero que a prefeitura tome providências urgentes, antes que ocorra algum acidente, visto que o local é bem movimentado.

Deixe seu pitaco