Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

7 pitacos em “Dia de BBB

  1. [email protected] diz:

    MUITO BOA MARCHINHA. COM CERTEZA VAI BOMBAR NO CARNAVAL

  2. Rogerio CC,

    Você gosta, não é? Eu assisto acho que é uma sacada legal, só não concordo quando exagera, no comportamento família, ou melhor, é no horário nobre.

    Eu ainda sou da moda antiga, quando assisto com a minha família, fico meio constrangido, apesar de ser um pecador de mão cheia!

    Mas essa é a democracia que vivemos com as diferenças de pensamentos e podemos expor as nossas opiniões livremente, você não acha Rogerio CC? Viva a democracia!

    Fuji esse é Federal!

    • Quando estou acordado nesse horário assisto com a patroa. Não há nada demais. O que acho ridículo é o pessoal que se acha melhor intelectualmente por dizer que não assiste BBB. Geralmente esse povo se diz fã do Jô Soares por achar que o programa dele tem cultura.

  3. Eu não assisto.Desligo, vou para o computador, ou vou pintar, adoro pintar, tanto tecidos como tela….Nada profissional, mas uma terapia bem melhor que BBB, ou fazenda, quando tem……

  4. Fico pensando e confesso que dói. Quando Ayrton Senna morreu, com as incríveis manifestações públicas com a passagem do cortejo pelas avenidas em São Paulo, percebemos que o país, há muito tempo, sente falta de ter verdadeiros heróis. Nada contra o tri campeão. O BBB mostra o real perfil do brasileiro. Enquanto o faturamento da emissora vai às alturas com as parcerias com as operadoras de telefone e outras menos esclarecidas, o cidadão é levado a ficar diante da tv esperando pelas baixarias que certamente vão rolar e se espelhar nos exemplos do velho jargão do “levar vantagem…”.
    Não gosto, não assisto e não posso recomendar… Com certeza sou minoria absoluta… mas…como se diz popularmente… o capitalismo é bruto e está pensando somente em R$. O resto? Que resto? Pagar impostos? Mostrar a realidade do país sem ser favorável aos interesses de A, B, C ou D? Isso sim é bobagem, além de tudo, não dá audiência, e pior, não resulta em faturamento… e nem concentra amigos do poder… SIMPLES ASSIM.

    • Concordo totalmente com vc José Carlos. Posso dizer tranquilamente que não assisto NADA desse programa. Fico no computador, assisto um bom filme em outros canais ou simplesmente desligo a TV. Mas infelizmente, programas apelativos como esse atraem a massa, e a massa dá audiência, que se traduz em dindin para emissora, logo, ficará no ar ainda por muito tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>