Prefeitura privilegia o particular em detrimento do público

FSP
Como era…
FSP
…e como ficou
Leitor, incomodado com o que aconteceu, envia as fotos da Farmácia São Paulo na avenida São Paulo, Vila Operária, que fechou para reforma tendo, na frente, uma vaga de estacionamento reservada, além de possuir estacionamento próprio nos fundos. Agora, abriu com vagas na frente da loja, mas, em para isso, acabaram com três vagas públicas que existiam na pista de rolamento. A loja até ganhou da Setrans uma faixa amarela proibindo o contribuinte mortal de estacionar onde antes era público; foi precisar rebaixar toda a guia, o que também é irregular. A forma de administrar implantada pelos Barros continua firme na gestão Pupin: privilegia-se o particular em detrimento do público. “No centro qualquer c(*)gada que você faz tem um agente te pegando. Qual é a relação das redes de farmácia com a prefeitura que tudo pode?”, questiona, lembrando que as farmácias sempre puderam cortar suas árvores sem que ninguém do município fizesse absolutamente nada.
FSP

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

14 pitacos em “Prefeitura privilegia o particular em detrimento do público

  1. Considerando que em cada lote de terreno com esta metragem de frente só é permitido uma entrada de veículos com até 3,80 mts. passar disto o veículo utiliza a calçada para trafegar e passa a ser infração gravíssima, o condutor é passível a multa no valor de R$ 574,61, além de levar sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
    No caso específico acima o comerciante induz o cliente motorista que ali é permitido estacionar, esquecendo-se de verificar a lei do Contrans, e a lei muncipal referente ao tamanho da guia rebaixada para estacionamento e garagem.
    Neste caso qualquer agente de transito ou PM pode multar o motorista infrator.
    Os erros e as omissões são gravíssimas neste estabelecimento e na fiscalização que permite o tamanho da guia rebaixada.
    O que não pode é existir uma lei referente o tamanho da guia rebaixada e a sinalização SEMUSP sinalizar convincente com o erro. A equipe de sinalização deveria notificar o contribuinte a regularizar a guia rebaixada, e não continuar omisso ao erro e sinalizar permitindo tal irregularidade.

    • Concordo com o anônimo das 10:18, inclusive passou uma matéria no Paraná tv da rede globo, falando sobre o mesmo problema em Curitiba, a diferença é que lá existe a multa.

  2. Antonio Carlos diz:

    Para usar estas vagas o condutor de veículos comete uma infração gravíssima, tráfega no passeio público. Outro dia vi na RPC que em Curitiba e proibido este tipo de estacionamento mas aqui é diferente as leis do CTB.

  3. É só não comprar nada nesta farmácia.Moro a duas quadras desta farmácia e não compro mais nada lá.

  4. Mas bem proxima a esta farmacia tem uma floricultara e o propritario tem uma camionete todas as vezes que sai sao colocado comes para ele nao perder a vaga e so passar ou tem a camionete ou os cones

  5. Acontece o seguinte a cara que entendia de transito simplesmente foi transferido para trabalha no Cemiterio ,voces podem achar que estou brincando mas estou falando serio o Sr Gilberto Purpo que era o engenheiro de transito simplesmente foi transferido para o cemiterio para la trabalhar se quiserem saber o motivo perguntem ao Pupin.

  6. Não reeleger políticos diz:

    É só boicotar essa rede de farmácias não comprando nada que seria uma boa iniciativa da população já que a prefeitura de Maringá, é omissa em tudo, e boa apenas só para aplicar multas nos contribuintes.

  7. Servidor Público diz:

    Eles tem convenio com prefeitura, vendem aos servidores e com desconto na folha pagamento, o isso ja mostra o interesse da prefeitura.

  8. Pelas fotos acredito que essa farmacia estah localizada na av. brasil proximo aa igreja sao jose. Essa permissividade nao eh exclusividade! Jah vih outras. E os outros comerciantes da av. brasil que estao em movimento de protesto com relacao aa retirada das espinhas de peixe nao vao reinvindicar iguais direitos? Se hah permissao para uns ou outros, deve existir abertura na Lei, ou estou enganado?

  9. Mas pensando ser uma farmácia que geralmente as pessoas precisam de remédios com rapidez, essa facilidade para estacionar ajuda muito…

Deixe seu pitaco