Detran não cita Maringá entre as cidades que reduziram acidentes

acidente
O número de acidentes em vias municipais apresentou queda nas cidades paranaenses com as maiores frotas de veículos, entre 2011 e 2013, segundo o Detran divulgou ontem. No interior do Estado a redução foi mais expressiva em Apucarana (32%), Ponta Grossa (24%), Londrina (23%), Campo Mourão (20%) e Guarapuava (18%); Maringá, terceira maior frota do estado, não é citada no material de divulgação do Detran. Na Região Metropolitana de Curitiba, Araucária se destaca com queda de 12% na ocorrência de acidentes de trânsito no mesmo período. A queda na capital foi de 6%. “Os dados revelam que os acidentes têm diminuído nas vias municipais. Apesar disso, se tornaram mais fatais. Na maioria dos casos a gravidade está diretamente ligada à imprudência dos motoristas”, explica o coordenador de Educação para o Trânsito do Detran, Juan Ramon Soto Franco. Foto Juliano Pedrozo/Detran. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Detran não cita Maringá entre as cidades que reduziram acidentes

  1. O maringaense está dirigindo melhor. Ainda tem os que param no último ciclo verde do sinal e os que arrancam no último ciclo vermelho para imprimirem velocidade de 20 km/h numa via de 50 km/h, mas estão rareando. Não se posicionar à direita ou à esquerda em pistas de mão única, desconforme à via que pegará mais adiante, é um outro defeitinho. Um outro é observado na conversão à direita ou à esquerda onde o condutor freia até quase parar o veículo. Deve achar que o carro tomba se entrar a 20 km/h. Mesmo assim, as auto-escolas estão de parabéns. Menos àquelas das pegadinhas que fazem o aprendiz repetir o exame por até 6 vezes, por errinhos bestas que até os condutores mais experientes cometem. Duzentão cada re-exame dá uma boa grana.

  2. Ainda tem gente falando que em maringa tem industria da multa só leva multa quem não respeita as leis de transito a quantidade de acidentes com vitima fala por si propria. O valor das multas devia ser maior o povo só respeita quando doi no bolso infelizmente.

Deixe seu pitaco