Quadrilha ‘muito forte’

Ainda a propósito da violência, leitor que teve seu automóvel Corolla furtado há cerca de dez dias observa que está acontecendo em Maringá o carro do mesmo modelo por dia, e com reféns. Ele cita o caso ocorrido ontem com uma mulher, na Vila Operária, mas que depois foi liberada. Ele acha os roubos “meio estranhos”, pois são especializados, e crê se tratar de uma quadrilha muito forte, “e nada de resposta de nossa polícia”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Quadrilha ‘muito forte’

  1. Se ajuda na estatistica, também tive o carro furtado na rua Estacio de Sá proximo a Tiradentes na ultima terça (16) e até o momento nada foi recuperado. No mesmo momento 4 Carros tiveram os vidros quebrados e objetos furtados.

  2. então e que a policia ta combatendo os maconheiro, porque o cheiro incomoda a população e expulsando os jovens com esse negocio de querê se reuni pra bebe no centro que também não pode, ai não sobra tempo pra combate essas coisas simples como roubo, sequestro, assassinato, imagina alguém se arrisca pra combate alguma coisa desse tipo e melhor e mais tranquilo resolve o problema da chapação do que seguranca

Deixe seu pitaco