“Al mare”

Nelson Willians

De Ricardo Boechat, a respeito do advogado nascido em Cianorte:

Novo píer – Trocou de dono – e de marina – o 760 Full Azimut Intermarine que encantava navegantes na baía de Angra dos Reis. O quase iate está atracado na Marina Nacionais, no Guarujá. E já sob o comando de Nelson Willians (foto), dono da maior banca de advogados do País. Fez mais que um bom negócio ele, que assumiu no início do ano grande parte dos serviços jurídicos do Banco do Brasil: batizou a embarcação de “Anne”, homenagem a sua namorada, ex-miss Pará. O registro anterior – “Maluco” – não fazia jus ao 760.

Aliás… – … o barcão escapou da Lava Jato. Estava em nome da Hedge Car, Locação de Veículos, Máquinas e Equipamentos, que tem como um dos controladores o contador Roberto Trombeta. Apontado como “operador” da UTC Engenharia, ele fez recentemente acordo de delação premiada com a força-tarefa da operação.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

Um pitaco em ““Al mare”

  1. CEZAR LIMA diz:

    Esse cianortense, é fera. [E advogado assim que necessito para deslindar o recebimento de certa herança, até hoje não recebida. Meu anterior advogado, era o eminente Moacir Prison, de Londrina, que sofreu um AVC e ficou desmemoriado. Era um crânio.

Deixe seu pitaco