Prefeitura vai gastar até R$ 1,3 milhão com palmeiras na Morangueira e Kakogawa

Palmeiras

Assim como aconteceu na avenida 19 de Dezembro, onde cerca de 50 flamboiãs floridos foram derrubados para dar lugar a palmeiras, as cerca de três centenas de grevíleas derrubadas pela Prefeitura de Maringá com dinheiro da Caixa Econômica Federal, nos canteiros centrais das avenidas Morangueira e Kakogawa, serão substituídas por palmeira carpentária (foto), planta exótica originária da Austrália, que pode alcançar até 20 metros de altura.
A administração Pupin/Barros, por sinal, pretende gastar até R$ 1 milhão 311 mil 700 com a compra de palmeiras, pagando de R$ 640,00 a R$ 1.290,00 – preço da muda da espécie Washingtonia (no destaque).


Os pregões para a compra das plantas estão marcados para os dias 27 e 28 deste mês. No dia 27 serão adquiridos 600 mudas de palmeiras carpentária (R$ 384 mil é o valor máximo a ser pago), mais R$ 208,50 de mão-de-obra para o plantio de cada uma delas (R$ 125.100,00), em covas abertas por servidores públicos municipais. As palmeiras deverão ter altura mínima de 4 metros e acompanhamento do responsável técnico por 6 meses, com reposição das mudas que morrerem.
As plantas serão colocados na avenida Kakogawa (do Contorno Norte até a praça Megumu Tanaka, desta até a praça Emílio Espejo e desta até a praça Ouro Preto) e na avenida Morangueiras (da praça Ouro Preto até a rua Iguaçu, desta até a rua Antonio Fuji e desta até avenida Colombo).
No dia 28 será licitada a compra de 200 palmeiras triângulo (R$ 850,00 cada muda, totalizando R$ 170 mil), 200 de palmeira Washingtonia (R$ 1.290,00 cada, totalizando R$ 258 mil), 100 de palmeira bismarque (R$ 486,00, R$ 487.600,00 no total), 200 mudas de palmeira rabo de raposa (R$ 680,00 cada, totalizando R$ 136 mil) e mil mudas de resedá (R$ 190,00, R$ 190 mil no total), uma árvore indiana. As plantas devem ter 1m8 de madeira (bismarque) até 4 metros de madeira (rabo de raposa).

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

17 pitacos em “Prefeitura vai gastar até R$ 1,3 milhão com palmeiras na Morangueira e Kakogawa

  1. é um bom negócio pelo jeito arrancar as árvores da cidade, vender a madeira a preço de banana e depois comprar uma árvore por 1200,00R$. PARABÉNS

    É SILVIO 2016 E PAU NO CU DO POVO QUE ESSE MERECE.

  2. PQP, só roubalheira.
    Onde já se viu numa crise dessas, um prefeito desorientado gastar esse tanto de dinheiro em mudas de palmeiras ?

    Compra elas pequenas que custam 10 reais e deixa elas irem crescendo.

    • eles não vão comprar muda pequena, por que não sai bonita na foto de inauguração.
      Não dá ibope.
      É só para inglês ver.
      CONTINUEM PERPETUANDO A DITADURA BARROS SEUS CEGOS.

  3. Só podem estar de brincadeira, pagar para plantar as palmeiras ?

    Ué e o funcionários da prefeitura não sabem plantar uma palmeira ?

  4. Em todas as benfeitorias da prefeitura o pulo do gato são aa compras de plantas… vcs sabem quanto custou o Parque do Japão????…
    Na Av 19 de Dezembro quem plantou as palmeiras foeam os funcionários da prefeitura…
    Cade o Tribunal de contas???? Onde estão os Promotores Públicos de nossa cidade???
    Kd os vereadores desta Cida?mm

  5. Cezar Lima diz:

    EXISTEM BONS VIVEIROS, COM PREÇO BEM MAIS BAIXO.
    EM MARINGÁ, QUEM MAIS TEM PALMEIRAS IMPERIAIS É O VIVEIRO TROPICAL, DO GILBERTO MARÓSTICA.
    EM PARANAVAI O VIVEIRO MEURER.
    O QUE INFLUENCIA O PREÇO DA PALMEIRA É O SEU PORTE, SUA altura

  6. contribuinte maringaense diz:

    As empresas que tem preços melhores, é só irem participarem do pregão e vender mais barato, simples…

  7. Cadê conselho de meio ambiente e vereadores, poderia ter uma lei proibindo o plantio dessas palmeiras, visto que Maringá sempre foi considerada muito arborizada, e as palmeiras não são árvores, não seguram o calor e nem fazem a fotossíntese do ar, portanto logo logo teremos Maringá muito mais quente e sem árvores, isso é um crime…..

  8. Essa ADM Pupin só plantou palmeiras em mga, todas as obras da cidade, Palmeiras, cade a diversidade, cidade que ate entao era conchecida pelas varias ruas que tem ate seus nomes nas ruas, se assim continuar em tempos teremos só palmeiras na cidade, essa secretaria de obras ta precisando melhorar o conhecimento sobre o trabalho que exerce …

Deixe seu pitaco