PCdoB reunido

pcdob

Pré-candidatos do PCdoB estiveram reunidos neste domingo de manhã. Entre os temas de discussão, as possíveis coligações.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

12 pitacos em “PCdoB reunido

  1. Ana Lúcia Rodrigues diz:

    Os pré-candidatos do PCdoB foram reunidos no processo de construção do nosso projeto de cidade: uma cidade acolhedora, justa e democrática. As nossas pré-candidaturas estão comprometidas, acima de qualquer coisa, com a população de Maringá, com cada uma das mais de 400 mil pessoas que moram aqui e que têm direito ao bem-estar social, à segurança, a infraestrutura urbana abundante, a serviços públicos de qualidade e à participação democrática. Queremos uma cidade para as pessoas!!!!

  2. JOSÉ MARCOS BADDINI diz:

    Uma cidade acolhedora, justa e democrática? Mas o PCdoB defendeu – e continua defendendo – o Governo Federal do PT – leia-se Lula e Dilma -, com discursos veemente de defesa das mazelas dos últimos 15 anos em nosso País. Me desculpem, mas como acreditar?

  3. PCdoB, quem é o Presidente deste partido em Maringá?
    Até onde sei tem apenas um vereador, Dr. Manoel Sobrinho.
    No âmbito nacional apóia o PT, Lulla e Dilma.
    Vai ter uma montanha de votos, capaz de não reelegerem o Dr. Manoel

  4. Partido deste tamanho teria que ser extinto.
    Para que serve?
    Repetem em todas as eleições as mesmas coisas, tem que submeter a coligação ou fica fora do pleito.
    Deve ser muito duro, aos dirigentes, administrar estas siglas ideológicas.

  5. Tá na hora de dar a resposta para esses partidecos que apoiaram a petralha em troca de alguns trocados.

    Fora apoiadores de quadrilha!!!

  6. Eu gostaria que esses comunistas defensores do bolivarianismo venezuelano me explicasse o que acontece com a Venezuela.

  7. A solução dos comunistas para deixar todo mundo com renda igual é deixar todo mundo pobre. Com exceção deles mesmos. É que todos são iguais, mas eles são mais iguais que os outros, sacou?

Deixe seu pitaco