Carteirada moderna

Uma caminhonete da Guarda Municipal, prefixo AYE, desceu há pouco a avenida Lauro Eduardo Werneck e no cruzamento com a avenida Maria Clapier Urbainti, na Zona 7, onde há um semáforo e uma passagem elevada para pedestres, buzinou, ligou o giroflex e passou com o sinal vermelho.
Passado o semáforo, retomou a calma.

Para leitor do blog que a tudo observou, trata-se de uma espécie automotiva de carteira.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Carteirada moderna

  1. O POVINHO QUE NÃO TEM O QUE FAZER .CARA NÃO PODEMOS FALAR NADA. SE ELE TAVA EM UMA OCORRÊNCIA . AS LEIS TE DÃO O DIREITO DE FURAR SEMAFORO . DESDE QUE SEJA COM SEGURANÇA. OU VOCÊS ACHAM QUE A SIRENE E AQUELE GIROFLEX QUE TEM EM CIMA DO CARRO É LUZ DE NATAL. POIPE-ME PESSOAL TEMOS QUE CONHECER AS LEIS ANTES DE FALAR. SE NÃO SÓ FALAM ASNEIRA..

  2. carterirada moderna, vamos ficar de olho nessas práticas de “desvio de poder” anotar a placa e local por exemplo … ao final esses senhores da viatura se você erra caneta em você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>