Integrantes da CPI têm…

…’caudas amarrdas’, para não usar a expressão ‘rabo preso’?
Refiro-me à CPI do Intermodal e a propósido do seguinte comentário de leitor desconfiado que fez um certo deboche na postagem anterior, que usando pseudônimo escreveu:

“kkkkkk se o Ricardo deixar, as coisas talvez possam caminhar (…) tá todo mundo com o rabo arrestado nessa merda de CPI. Ricardo Manda e Pelego faz!”
Meu comentário (Akino): Será que Sidnei, Jean Alex Chaves, Do Carmo e Flavio Mantovani têm rabo preso com Ricardo Barros e Pupin? Farão o trabalho sem pressão, ou amarelarão?
Continuo dando um voto de confiança, mas com um pé atrás em relação a pelo menos dois nomes do grupo. Por que será que houve disputa, ao que parece, pelas duas vagas restantes já que as três primeiras seriam automaticamente da comissão criada e que sugeriu a CPI, com o incentivo do meu amigo MR, inclusive? Estaremos de olho e Do Carmo e Alex, principalmente.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

15 pitacos em “Integrantes da CPI têm…

  1. Mateus 6
    “…23 Porém, se teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em absoluta escuridão. Por isso, se a luz que está em ti são trevas, quão tremendas são essas trevas!
    24 Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou será leal a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamon…”

  2. Zézinho Konta Outra!!!! diz:

    A recente troca de elogios e afagos era de desconfiar. E a insistência da mídia local no assunto diz muito. Estranhei vc não perceber ou comentar isso.

  3. Existem 2 coisas que consomem dinheiro público: corrupção e má gestão. Da primeira todos entendem. A má gestão tem diversos sub-produtos. Um deles infelizmente atinge a minha área de atuação: a engenharia civil. Aqui nada se faz com planejamento de longa data, como política de governo. Tudo é feito na política partidária, de um mandato de 4 ou oito anos. Assim se atropelam os serviços de planejamento e de projetos (que deveriam ser projetos executivos em lugar desses projetos básicos atuais). Contratados de última hora, feitos na pressas dos prazos para conseguir aprovar, liberar o recurso, executar a obra e poder fazer a festa de inauguração dentro do mandato. Atropelam-se os cuidados. O projeto acaba não passando por supervisão e aprovação. É o que se verá ao final dessa CPI. Um erro de projeto. Mas de quem é verdadeiramente a culpa?

  4. Prezado Akino, avalio ser coerente em suas indagações, em alguns casos como este seja ponderado até demais. Mas sejamos realistas, dois dos membros desta comissão são meros serviçais, são sabidamente submissos, agregados, não tem competência para tal e não vão trair seus criadores(mantenedores). O tempo dirá.

    Nilton Lopes

  5. Ahaha onde que esta cpis de alguma coisa. Tá errado conserta erro em vez de ficar gastando dinheiro. Obra parada. Só vejo isso nesta administração, fala mal e fica procurando erro. Saúde e Educação tá precisando de gente trabalhando

  6. Servidor da saúde diz:

    Olha vai ser uma grande piada….a grande maioria é ligada aos Barros..ou seja…vão enrolar..enrolar..enrolar..e quem vai se ferrar somos nós…tamo fudido mesmo….

  7. O que precisa é terminar as obras da Morangueira e Kakogawa, esta CPI só vai travar a obra e Ulisses ficar como gestor que não conseguiu terminar.
    E se a CPI não dar em nada quero ver em quem o Ulisses vai colocar a culpa da obra não ter saído do papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>