Horário reduzido do Conselho Tutelar poderá ser revisto

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania informa ao blog que, em relação ao horário reduzido de funcionamento do Conselho Tutelar de Maringá que a lei municipal determina que o CMDCA define o horário de funcionamento da sede dos conselhos tutelares, e que esta decisão tem que ser referendada pelo Ministério Público.

Observou-se, segundo a Sasc, que não havia demanda para atendimento aos sábados e até as 20h. A nova deliberação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, reduzindo o funcionamento para das 8 às 18h (acima, a resolução), é resultado de discussão que vinha desde o ano passado. A resolução estabelece um prazo de três meses para testar o novo horário; depois disso, poderá ser revisto ou ratificado.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

7 pitacos em “Horário reduzido do Conselho Tutelar poderá ser revisto

  1. Seria interessante publicar já a escala dos conselheiros plantonistas para que a população acompanhe e fiscalize se realmente estão cumprindo com o que ficou acordado…

  2. O horário estabelecido é para o funcionamento dá sede dos conselhos. Tem conselheiro tutelar de plantão 24 horas. Quem organiza o horário dos conselheiros são eles próprios. O maior problema era o telefone celular que não podia nada. Agora até ligações a cobrar está recebendo. Parabéns CMDCA que conseguiu resolver esse drama.Ederlei e Ulisses arrasando. Recalque de conselheiro tutelar quem ficou anos e não conseguiu nenhum progresso. Pronto, falei.

  3. O que??? Não há demanda??? Isso é uma piada?

    Porque se for, é de muito mau gosto!

    Façam uma pesquisa com os profissionais da educação e saberão o nível de satisfação dos professores e pedagogos com os serviços prestados pelos conselheiros…

    Alô, Ulisses! Eu sei que o senhor tem boas intenções… Essa área tá precisando de atenção…

    Esse país é uma piada

    • Presta atenção. O horário é dá sede do conselho é não do trabalho dos conselheiros tutelares. Faça denúncia no ministério público. Que eu saiba não tem nenhuma até agora

  4. Tudo errado. O CMDCA não é órgão legislativo. A lei é clara: horário de funcionamento do CT é estabelecido em lei.
    Se o CMDCA quiser mudar isso, vai ter que parlamentar com o legislativo e convencê-los.
    Nenhum órgão municipal pode contrariar uma lei superior à sua esfera.

    • Leia o Estatuto – lei federal e tente encontrar onde o CMDCA pode determinar o horário de funcionamento. O CMDCA pode enviar proposta de alteração para a câmara de vereadores, mas não pode fazer lei. Não é órgão legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>