Barraca Universitária movimenta economia local

Barraca Universitária

A Barraca Universitária, que ocorre em oito das onze noites da Expoingá, tem seu público fidelizado, a juventude universitária. Mas, de acordo com pesquisa realizada na edição de 2016, o perfil dos frequentadores é bem mais amplo.

Com formato consolidado e o alto investimento nas produções artísticas, a Barraca Universitária, que está em sua 18ª edição, tem atraído pessoas de todas as idades de Maringá e Região Metropolitana.
Este sucesso de público nas noites da Barraca Universitária reflete em diversos setores da economia, dentro da feira, com a utilização do estacionamento e praça de alimentação, por exemplo, mas também na economia local, aumentando a demanda dos salões de beleza, lojas e hospedagens. Além dos próprios artistas e sua equipe, hotéis de Maringá recebem também pessoas que vem da região e optam por pernoitar.
O presidente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Dirceu Gambini, destaca o potencial turístico de Maringá impulsionada pelos eventos. “Maringá tem atraído pessoas de várias partes do Estado e fora dele, o que movimenta os setores de nossa economia. Nesse contexto, a Barraca Universitária, que há anos já faz parte do calendário de eventos local, contribui e de forma muito significativa, fomentando a geração de negócios para empresas do trade turístico local, concentra visitantes que também acabam utilizando outros serviços como transporte e por vezes meios de hospedagem, e consolida a cidade como destino de eventos. Ou seja, a Barraca Universitária é boa para a população se divertir e igualmente positivas para nossa economia”,
De acordo com a pesquisa realizada pelo Grupo Maringá de Comunicação (GMC) o maior público da Barraca Universitária está inserido na faixa etária de 26 a 35 anos, mostrando que, apesar do nome “Universitária”, seu público não é somente de jovens estudantes. “Investimos na pesquisa para saber mais sobre o público frequentador do nosso evento. Queremos receber bem a todos. Em cima de dados é que podemos saber quem são, de onde vem e o que eles esperam da Barraca Universitária. E, o mais interessante foi descobrir que adultos e os casais também procuram a BU como forma de entretenimento. O nosso objetivo é oferecer bons shows num espaço moderno e seguro”, destaca a produtora artística do GMC, Jany Lima.
A pesquisa mostrou ainda que há um equilíbrio entre o público masculino e feminino. A idade dos frequentadores é a partir dos 18 anos, chegando até mais que 45 anos. A grande maioria é de Maringá, mas, uma média de 35% do frequentadores vem da região. Há também um equilíbrio pelo gosto de camarote ou pista. A Barraca Universitária de 2017, que apresenta um projeto arquitetônico de quase 4 mil metros quadrados, oferecerá mais opções de setores, a novidade é resultado da amostra da pesquisa.
Sobre o fomento da economia, a pesquisa mostra que 50% do público comprou alguma peça de roupa para estrear na BU e que mais de 40% se alimentou dentro da Expoingá para depois entrar na Barraca Universitária onde o consumo maior é de bebida.
Os shows da Barraca Universitária ocorrerão entre os dias 4 e 13 de maio, durante a Expoingá. Neste ano, a GMC Eventos apresenta uma nova Barraca Universitária, que foi reformulada e planejada para oferecer boas noites de entretenimento ao público. No total, serão 18 shows divididos em oito noites.
A primeira noite da Barraca Universitária, no dia 4 de maio, apresentará os shows de Naiara Azevedo, May & Karen e Vitor Maia. No dia 5 será a vez de Inimigos da HP e Antony & Gabriel animar a galera. Já no dia 6, Munhoz & Mariano, Jean & Júlio, Mariana & Mateus fazem a festa; dia 7, Fernando & Sorocaba e Mariana Fagundes; dia 10, Zé Neto & Cristianoe KleoDibah&Rafael; dia 11 será a noite das “coleguinhas” Simone e Simaria; dia 12, ValescaPopozuda, Higor Rocha e MC Guime; e, para encerrar com chave de outro, no dia 13 de maio, show de Jads&Jadson, Day & Lara e Rodrigo & Ravel.
As apresentações começarão sempre por volta das 23 horas e os preços dos ingressos antecipados variam de R$ 25,00 a R$ 95,00 por noite, dependendo da área escolhida. A BU oferece também opção de passaporte para todas as noites. Os pontos de venda oficiais são a Maringá FM, Posto Digo´s, Farmácia São Paulo, Academia Muscle World, Feitep Faculdade de Engenharias e Arquitetura e Auto Escola Universo. Mais informações estão disponíveis no site oficial. (Divulgação)

*Foto: Divulgação

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Barraca Universitária movimenta economia local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>