Um tema já encaminhado

Reunião-lixo

Na Prefeitura de Maringá tem gente chateada com o artigo “Perdendo tempo”, assinado por Milton Ravagnani, hoje no Metro, sobre a questão do lixo na cidade, por conta da desinformação passada nesta frase:

“Alheio às dimensões sociais e ambientais do problema, o prefeito Ulisses Maia caminha para o quinto mês do seu mandato sem ainda ter, sequer, chamado para conversar as autoridades envolvidas”.
O assunto está sendo tratado oficialmente desde fevereiro (leia aqui), quando houve a primeira reunião sobre o assunto, com promotores e secretários. Dias atrás tornou-se pública a composição da comissão que tratará a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Urbanos e ontem, na Jovem Pan, o prefeito também falou do lixo, lamentando que infelizmente uma cidade como Maringá ainda não possui um aterro, apesar da discussão da comunidade com as últimas administrações.
A propósito da comissão, nomeada no último dia 6 pelo decreto 476/2017, fazem parte dela:

Representantes do Poder Público:
Titular: Fulvio Branco G. de Castro – Assessor Executivo do Gabinete/Gapre
Suplente: Suelen Girotto Teixeira – Assessor/Gapre

Titular: Vera Lúcia Menegoti Tasca – Diretor de Apoio a Cooperativa/Sema
Suplente: Andreia Soares Sola de Almeida – Engenheiro Químico/Sema

Titular: Samireille Silvano Messias – Gerente de Agricultura/Seide
Suplente: Graziela Renata Massaro dos Santos – Agente administrativo

Titular: Gleika Maria Macedo Coke – Diretor de Serviços Públicos/Semusp
Suplente: Emerson Cesar da Rocha – Auxiliar Operacional/Semusp

Titular: Luiz Fernando Boldo do Nascimento – Procurador Geral/Proge
Suplente: Lucas Vinicius de Souza Barbosa – Gerente de Zoonozes

Representantes da Sociedade Civil Organizada, eleitos na Audiência Pública ocorrida em 31 de março de 2017:
ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE MARINGÁ – AEAM
Titular: Gilberto Donizetti Delgado
Suplente: Daniela Ferreira Traci

ASSOCIAÇÃO DOS GEOGRAFOS BRASILEIROS SEÇÃO MARINGÁ – AGB/SM
Titular: Bruno Tiago Contessotto Rigon
Suplente: Danilo Giampietro Serrano

CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE – Comdema
Titular: Lilianny Ripke Gaspar
Suplente: Luiz Eduardo Borin Gonçalves

COOPERATIVA CENTRAL DE COMPLEXO DE TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE MATERIAIS RECICLÁVEIS – Coopercentral
Titular: Deisiele Ramos dos Santos
Suplente: Agnaldo Germano da Silva

INSTITUTO FUNVERDE
Titular: José Plínio Silva Filho
Suplente: Marcelo Felix Frade

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – OAB
Titular: Leticia Raquel Kochepki de Brito
Suplente: Junot Seiti Yaegashi

SINDICATO DOS ENGENHEIROS NO ESTADO DO PARANÁ – Senge
Titular: Marcelo Ricardo Dias
Suplente: Sandra Mara Nepomuceno Cardoso

“A Comissão Diretora acompanhará os trabalhos realizados pela comissão de elaboração, competindo-lhe:
I – acompanhar a regularidade da aplicação da metodologia apresentada em audiência pública do dia 03 de abril de 2017 pela
comissão de elaboração;
II – responder questionamentos feitos pela comunidade na fase de consulta pública, nos termos do art.4º, §2º da lei 10.366/2016;
III – requisitar esclarecimentos da comissão de elaboração do plano de gestão de resíduos sólidos;
IV – opinar sobre os trabalhos da comissão, sugerindo intervenções que entender necessárias;
V – sugerir aos vereadores, concluída a consulta pública, de forma fundamentada, o acatamento ou rejeição de sugestões promovidas
pelos munícipes.
Art. 3º. Todas as manifestações da comissão diretora serão devidamente fundamentadas.
Parágrafo Único. A comissão de elaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Urbanos, deverá responder, de forma fundamentada, acatando ou não as sugestões propostas pela Comissão Diretora.
Art. 4º. A comissão diretora responderá fundamentadamente todos os questionamentos dos munícipes realizados na consulta pública
até 3 dias após o encerramento da consulta pública.
Art.5º. Após o prazo de resposta aos munícipes, a comissão diretora encaminhará imediatamente o plano à câmara de vereadores.
Art. 6º. A Comissão dará por encerrado os seus trabalhos e ser considerada dissolvida após a entrega do Plano de Gestão Integrada
de Resíduos Sólidos do Município de Maringá à câmara de vereadores”.
Assinam o decreto, além do prefeito Ulisses Maia, os secretários Laércio Fondazzi (Gestão) e Jaime Dallagnol (Meio Ambiente e Bem-Estar Animal).

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Um tema já encaminhado

  1. Parabéns pela defesa da administração que consegue atrair até promotores para o assunto. Só espero não ser prejudicado no único serviço​público que tenho acesso que é a coleta de lixo.

  2. Esse Milton é um puxa-saco dos Barros, igual ao Fábio Campana. O Silvio-Pupin ficaram 12 anos sem fazer nada pelo lixo e o cara vem cobrar o Ulisses por 100 dias, e fazendo algo sobre

  3. Perdendo Tempo.

    Esse Milton Ravagnani está perdendo seu tempo com esses “artigos”, pois toda a comunidade Maringaense sabe muitíssimo bem que o mesmo é MATÉRIA VENCIDA, irreciclável, sem ambiente proprício para acomodar e danoso ao nosso meio ambiente, cultural, jurídico, midiático etc. etc……

    Nilton Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>