Contra o trote telefônico

Trote

O vereador Jean Marques convida para a terça-feira, quando acontece a votação do projeto de lei que prevê punição com multa aos proprietários de linhas telefônicas que originam trotes para o Samu.

De acordo com a proposta, o número do telefone será encaminhado para as operadoras telefônicas para que as mesmas informem os nomes dos responsáveis pela linha. Hoje, mais de 40% das ligações recebidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência são trotes.
Qualquer brincadeira desse tipo deve ser condenada, mas já tem gente falando que não deveria ser da alçada municipal.
Um projeto que coíbe os trotes telefônicos direcionados aos serviços públicos, de emergência ou não, tramita no Senado desde 2015. É de autoria do senador licenciado Acir Gurgacz (PDT-RO) e atualmente aguarda na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.
De acordo com a proposta, pessoas que usarem o telefone para comunicar falsas ocorrências à polícia e ao Corpo de Bombeiros, entre outros órgãos, ficarão sujeitas a punições, que vão desde a suspensão temporária até o cancelamento definitivo do serviço de telecomunicação, além do pagamento de multa de R$ 500 por infração.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Contra o trote telefônico

  1. Wilson Jr diz:

    Excelente iniciativa. Infelizmente, pela falta de bom senso e educação, muitos são prejudicados por esses animais que tem a repugnante atitude de passar um trote !

  2. Jean se mostrando a cada dia mais competente, de bom senso e capaz de dialogar com todos em alto nível
    Esperamos que esta brilhante iniciativa do nobre vereador não esbarre na burocracia !

Deixe seu pitaco