Calçada tomada

Marialva

A situação acontece há pelo menos cinco meses, na região central de Marialva, a esquina das ruas Nossa Senhora do Rocio com Dionísio Fernandes. Leitores reclamam que ninguém consegue caminhar pela calçada, tomada por materiais de construção. Espera-se que alguém tome as devidas providências.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Calçada tomada

  1. Que coisa feia! Atitude própria de direção inexperiente e provinciana. O ‘diploma’ à direção da loja bem poderia lhe chegar às mãos na forma de uma bem escrita multa municipal, com valor equivalente a cem vezes o valor daqueles materiais ali indevidamente expostos.

  2. O proprietário do comércio apoio o atual prefeito, se o ministério público não questionar a situação, acredito que nada será feito por parte do poder público.

  3. E esta pilha de material na esquina atrapalha a visão dos motoristas. tem que avançar para ver se algum veículo está vindo….e os tanques são depósitos de água parada – criadouro de mosquitos.

  4. NÃO É SÓ AÍ NÃO. EM MARIALVA NA AVENIDA C. COLOMBO TAMBÉM ESTÁ CHEIO DE COISAS NAS CALÇADAS. NÃO TEM FISCALIZAÇÃO. É SÓ PASSAREM PERTO DO ESTÁDIO E VERIFICAR AS PESSOAS PASSANDO NO MEIO DA RUA.UMA VERGONHA. E OS VEREADORES ONDE ESTÃO? FISCAIS DO POVO AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>