Mirindiba na rua dos Gerânios

Rua dos Gerânios

Sete mudas de mirindiba foram plantadas hoje pela Semusp na rua dos Gerânios, próximo ao Hospital do Câncer, em Maringá.

Há dois dias o blog registrou a retirada das árvores, o que, de acordo com a Secretaria de Serviços Públicos, ocorreu com o devido laudo.

Rua dos Gerânios

Rua dos Gerânios

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

12 pitacos em “Mirindiba na rua dos Gerânios

  1. Acho que plantaram no lugar errado. A calçada é estreita e plantaram bem no meio, cadeirantes não conseguem passar, tinha que ser mais próxima da guia.

    • Alguém tem que informar ao responsável por esse serviço que as mudas estão num lugar inadequado. Bem no meio da calçada. Quando essas mudas se tornarem árvores o trânsito das pessoas vai ficar comprometido. Deveriam ficar mais próximo do meio fio. Absurdo isso. Parece coisa de amadores.

  2. Rigon, se vc tem algum contato com quem faz esse serviço, por favor avise o responsável que ainda dá tempo de corrigir. Depois que as árvores crescerem, vai ficar bem mais complicado, senão impossível.

  3. É o famoso morde e assopra. Arrancaram 7 arvores lindas e visivelmente novas (nao sei na onde que elas estavam condenadas, queria ver esses tais “laudos” das 7 arvores) pra colocarem mudas que só estarão adulta daqui decadas. Não mudou nada a gestão passada pra essa gestão Barros/Maia.

  4. Plantar árvores embaixo da rede elétrica é o cúmulo da burrice, já escrevi isso aqui várias vezes, por “n” motivos: Quando as mesmas depois de crescidas batem na fiação e causa caos em épocas de chuvas, sem falar quanto a iluminação pública que fica ineficiente tornando essa cidade como: Gotham City e os cenários do cineasta “Tim Burton” sombrioooossss.

    • Então seguindo a sua linha de raciocínio. das duas, uma: Não planta as árvores ou retira a rede de energia. Em toda a parte é feito assim. A convivência das árvores com a energia elétrica deve ser monitorada. A não ser que mudem a rede para o subterrâneo, onde será detonada pelas raízes da árvores.

      • Simples…Nas avenidas como tem rede elétrica de ambos os lados, planta-se somente no canteiro central e nas ruas planta-se no lado oposto de onde está a rede elétrica. Deixei isso subentendido no meu comentário anterior. Peço desculpas aos que entenderam por ter que desenhar meu raciocínio aqui.

  5. não sei se é lei, mais olha o tamanho do buraco que fazem na calçada, isto está se espalhando pela cidade, e depois nesses buracos vão nascer mato, e quem corta? olhem no centro da cidade, esses buracos estão cheios de mato, deixando a cidade com a impressão de abandono,

  6. Controle Social diz:

    As imagens demonstram claramente que essas mudas foram plantadas no meio da calçada e inacreditavelmente pelo Poder Público, como se pode observar. Ora, isso não teria implicações se não tivéssemos uma lei que trata justamente do assunto: Lei da “ACESSIBILIDADE” (Lei 10.098/2000). Sejamos imparciais e justos. Isso pode? É preciso o Poder Público (órgão responsável) rever seu trabalho, observando as disposições da mencionada lei, e se, assim estiver convencido do erro, corrigir enquanto há tempo, para não violar direitos daquelas pessoas com deficiência e mobilidade reduzida que, assim como nós, têm direitos de usufruir dos espaços públicos e privados.

  7. Sei não, esse é daquele tipo de árvore que não dá sombra nenhuma, o critério para arborização deveria ser copa, sombra e conforto ambiental. Estão plantando árvores que fogem dessas características, vide a rua Joubert de Carvalho, onde plantaram umas espécies estranhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>