Nome que aparece

Francisco Favoto

Secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Maringá, o empresário Francisco Favoto é o nome mais citado quando se fala em pré-candidato a deputado da atual equipe do prefeito Ulisses Maia, para as eleições de 2018. Ele ainda não confirma a intenção.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

17 pitacos em “Nome que aparece

  1. O Ricardo Maia, deve ser candidato a deputado estadual, não ganha nem com ajuda do Papa Francisco, quando foi deputado na gestão do Jaime Lerner, votou em todas atrocidades do governador, o povo não esqueceu!!!

  2. A quem interessar possa…!

    “As sete lições do bambu”
    Depois de uma grande tempestade, o menino que estava passando férias na casa do seu avô o chamou para a varanda e falou:
    Vovô corre aqui! Explique-me como essa figueira, árvore frondosa e imensa, que precisava de quatro homens para balançar seu tronco se quebrou, caiu com o vento e com a chuva e esse bambu, que é tão fraco, continua de pé…!
    Meu neto, o bambu permanece em pé porque teve a humildade de se curvar na hora da tempestade. A figueira quis enfrentar o vento. O bambu nos ensina sete coisas. Se você tiver a grandeza e a humildade dele, vai experimentar o triunfo da paz em seu coração.
    A primeira lição que o bambu nos ensina, e a mais importante, é a humildade diante dos problemas, das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daquele, o único, o princípio da paz, aquele que me chama, que é o Senhor.
    A segunda lição: o bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um bambu, pois o que ele tem para cima ele tem para baixo também. Você precisa aprofundar a cada dia suas raízes em Deus na oração.
    A terceira lição: Você já viu um pé de bambu sozinho? Apenas quando é novo, mas antes de crescer ele permite que nasçam outros a seu lado (como no cooperativismo). Sabe que vai precisar deles. Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que de longe parecem com uma árvore. Às vezes tentamos arrancar um bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos, para que desse modo se livrem dos predadores.
    A quarta lição que o bambu nos ensina é não criar galhos. Como tem a meta no alto e vive em moita, comunidade, o bambu não se permite criar galhos. Nós perdemos muito tempo na vida tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes que damos um valor inestimável. Para ganhar, é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.
    A quinta lição é que o bambu é cheio de “nós” (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que se crescesse sem nós seria muito fraco. Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos. Os nós são as pessoas que nos ajudam, aqueles que estão próximos e acabam sendo força nos momentos difíceis. Não devemos pedir a Deus que nos afaste dos problemas e dos sofrimentos. Eles são nossos melhores professores, se soubermos aprender com eles.
    A sexta lição é que o bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para ser cheio do Espírito Santo.
    Por fim, a sétima lição que o bambu nos dá é que ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do Alto.
    Autor: Desconhecido

    APARECIDO BAPTISTA (cidadão maringaense ‘ficha limpa’ desde criança e pagador de impostos)

  3. O Favoto é uma ótima pessoa, gente do bem , justo e íntegro. São pessoas assim que precisamos para deputado. Tirar todo essa trinca de desonesto do poder. Um empresário que sempre batalhou com a familia.

  4. Homem humano, ético e respeitado pela comunidade. Se existir a possibilidade de ser eleito, tem a obrigação de ir ao pleito. Maringá precisa de pessoas assim.

  5. Está sendo um dos secretários destaque na gestão Maia/Scabora. Apesar de alguns inconvenientes possui uma equipe de primeira e tem tudo pra deixar um legado no desenvolvimento de Maringá. Parabéns, secretário Favoto!

  6. É de pessoas assim que a política precisa! Homem que se fez pelo fruto do seu trabalho. Pessoa honesta e humilde. De oportunistas que só pensam em promoção pessoal o povo ja saturou. Nao é pela vaidade que uma nação cresce mas sim pelo trabalho daqueles que são éticos.

  7. Sou amigo pessoal do Favoto, acompanho a anos a vida dele, já vi ele fazer muito por muitas Instituições.
    Mas na minha opinião pessoal, acho que ele devia mesmo é continuar na sua empresa, vejo que está em expansão e com certeza sua presença lá é necessária em função da sua experiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>