Petistas agridem Miriam Leitão

Da jornalista Miriam Leitão:

Sofri um ataque de violência verbal por parte de delegados do PT dentro de um voo. Foram duas horas de gritos, xingamentos, palavras de ordem contra mim e contra a TV Globo. Não eram jovens militantes, eram homens e mulheres representantes partidários. Alguns já em seus cinquenta anos.

Fui ameaçada, tive meu nome achincalhado e fui acusada de ter defendido posições que não defendo.
Sábado, 3 de junho, o voo 6237 da Avianca, das 19h05, de Brasília para o Santos Dumont, estava no horário. O Congresso do PT em Brasília havia acabado naquela tarde e por isso eles estavam ainda vestidos com camisetas do encontro. Eu tinha ido a Brasília gravar o programa da Globonews.
Antes de chegar ao portão, fui comprar água e ouvi gritos do outro lado. Olhei instintivamente e vi que um grupo me dirigia ofensas. O barulho parou em seguida, e achei que embarcariam em outro voo.
Fui uma das primeiras a entrar no avião e me sentei na 15C. Logo depois eles entraram e começaram as hostilidades antes mesmo de sentarem. Por coincidência, estavam todos, talvez uns 20, em cadeiras próximas de mim. Alguns à minha frente, outros do lado, outros atrás. Alguns mais silenciosos me dirigiram olhares de ódio ou risos debochados, outros lançavam ofensas.
— Terrorista, terrorista — gritaram alguns.
Pensei na ironia. Foi “terrorista” a palavra com que fui recebida em um quartel do Exército, aos 19 anos, durante minha prisão na ditadura. Tantas décadas depois, em plena democracia, a mesma palavra era lançada contra mim.
Uma comissária, a única mulher na tripulação, veio, abaixou-se e falou:
— O comandante te convida a sentar na frente.
— Diga ao comandante que eu comprei a 15C e é aqui que eu vou ficar — respondi.
O avião já estava atrasado àquela altura. Os gritos, slogans, cantorias continuavam, diante de uma tripulação inerte, que nada fazia para restabelecer a ordem a bordo em respeito aos passageiros. Os petistas pareciam estar numa manifestação. Minutos depois, a aeromoça voltou:
— A Polícia Federal está mandando você ir para frente. Disse que se a senhora não for o avião não sai.
— Diga à Polícia Federal que enfrentei a ditadura. Não tenho medo. De nada.
Não vi ninguém da Polícia Federal. Se esteve lá, ficou na porta do avião e não andou pelo corredor, não chegou até a minha cadeira.
Durante todo o voo, os delegados do PT me ofenderam, mostrando uma visão totalmente distorcida do meu trabalho. Certamente não o acompanham. Não sou inimiga do partido, não torci pela crise, alertei que ela ocorreria pelos erros que estavam sendo cometidos. Quando os governos do PT acertaram, fiz avaliações positivas e há vários registros disso.
Durante o voo foram muitas as ofensas, e, nos momentos de maior tensão, alguns levantavam o celular esperando a reação que eu não tive. Houve um gesto de tão baixo nível que prefiro nem relatar aqui. Calculavam que eu perderia o autocontrole. Não filmei porque isso seria visto como provocação. Permaneci em silêncio. Alguns, ao andarem no corredor, empurravam minha cadeira, entre outras grosserias. Ameaçaram atacar fisicamente a emissora, mostrando desconhecimento histórico mínimo: “quando eles mataram Getúlio o povo foi lá e quebrou a Globo”, berrou um deles. Ela foi fundada onze anos depois do suicídio de Vargas.
O piloto nada disse ou fez para restabelecer a paz a bordo. Nem mesmo um pedido de silêncio pelo serviço de som. Ele é a autoridade dentro do avião, mas não a exerceu. A viagem transcorreu em clima de comício, e, em meio a refrões, pousamos no Santos Dumont. A Avianca não me deu — nem aos demais passageiros — qualquer explicação sobre sua inusitada leniência e flagrante desrespeito às regras de segurança em voo. Alguns dos delegados do PT estavam bem exaltados. Quando me levantei, um deles, no corredor, me apontou o dedo xingando em altos brados. Passei entre eles no saguão do aeroporto debaixo do coro ofensivo.
Não acho que o PT é isso, mas repito que os protagonistas desse ataque de ódio eram profissionais do partido. Lula citou, mais de uma vez, meu nome em comícios ou reuniões partidárias. Como fez nesse último fim de semana. É um erro. Não devo ser alvo do partido, nem do seu líder. Sou apenas uma jornalista e continuarei fazendo meu trabalho.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

31 pitacos em “Petistas agridem Miriam Leitão

  1. André Franco de Oliveira diz:

    Não concordo com a atitude desses petistas, por causa dos mais, os bons pagam o pato pela generalização. Mas, essa jornalista é muito imparcial sim, nisso não tenho dúvidas, mas nada explica a atitude desse grupo.

  2. ESPERAR O QUE DO PT.PMDB.PSDB,PP, DEM E MUITOS OUTROS ALIADOS. TODOS ESTÃO DESMORALIZADOS. TODOS AJUDARAM A ACABAR COM O NOSSO PAÍS. SÓ NÓS ( O POVO BRASILEIRO PODERÁ MELHORAR ESTE PAÍS). NÃO DEVEMOS ESPERAR MAIS NADA DESTES POLÍTICOS QUE AÍ ESTÃO. HOJE NO PAÍS QUEM FALA A VERDADE ACABA VIRANDO RÉU. UMA PENA.

  3. Jeito Petista de manifestar. Bando de bandidos e corruptos.
    Eles mesmos pedem a liberdade de expressão, e a jornalista é ofendida por ter exercido esta mesma liberdade.
    O PT sempre foi e sempre será uma quadrilha de bandidos. Querem respeito se eles próprios nunca tiveram respeito com a sociedade brasileira.
    Resta agora entrar com uma ação contra a empresa aérea, e manifestantes de modo geral que estavam na aeronave.

  4. Osmar Xavier Aleixo diz:

    Sou ferrenho crítico da imprensa, mas a TV Globo como as outras, não inventam noticias, se inventar terá que se responsabilizar por repercussão/divulgação falsa. Quanto aos ataques, provavelmente são a meia dúzia que restam de sindicalistas filiados a CUT, e apaixonados por LULA e DILMA, que estão sonhando com suas voltas ao Governo Federal.
    E para a próxima eleição direta em 2018, vamos eleger o políticos sérios como: PAULO PAIN, PT-RS, RANDOLFE RODRIGUES, EX PT-AP, e CRISTOVÃO BUARQUE, EX PT-DF.

  5. Esperar o que do PT?

    Se o país está passando pela sua maior crise financeira, não é por culpa da imprensa e sim do governo do PT!

    E ainda tem gente com coragem de defender a volta deles ao poder…

      • Atah, o temer foi eleito por quem?

        Era VICE de quem?

        A crise começou no governo PT e está passando pelo governo de transição do temer, ou seja, a crise é por conta do PT sim, mais você não deve acreditar nisso não é, kaka alienado…

  6. ambrosio brambilla diz:

    O vice-versa
    O discurso que os Petistas estão usando hoje é o mesmo que o outro lado usava antes:
    Fora Lula, agora fora temer. Inclusive nos ataques pessoais dentro dos aviões.
    Na verdade, mudou-se apenas o ator, porém, a política continua a mesma.
    O curioso é que nos tribunais os juízes estão mais perdidos que cego em tiroteio.
    E como disse bem Gilmar Mendes, se for puxar o fio da meada até o fim, não sobra ninguém, nem os juízes.
    Então, como fazer a merda secar ? parar de feder ?
    Só tem um jeito: deixar a Democracia falar por si só.
    Mas e o povo ? o povo não entende nada de democracia.
    Aliás, o povo continua a massa de manobra das mídias e pobres de espírito.
    Pobres pobres de dinheiro…
    E os poderosos do Brasil, inclusive os Países ricos, continuam torcendo para o quanto pior melhor.
    E o povo, pobres de democracia, de entendimento, de civilidade, de tudo, estão levando o Brasil à um atraso jamais visto.
    Da uma vontade de mudar para…. para onde ? Para guay.

  7. A atitude correta do comandante do , seria ter chamado a polícia para retirar os baderneiros do avião. Essa horda de baderneiros, agora comandada pela dona Gleisi, sempre viveram chupando as tetas dos governos do PT. Nossa solidariedade a jornalista.

  8. Luiz Julio Bertin diz:

    O que a Leirão esperava? Que fossem beijar a mão dela? Na próxima vez ela que mude de avião, pois o mesmo direito de ser livre ao falar, deve tolerar dos outros o direito de protestar. Democracia sempre.

    • Nossa, Júlio, como vocês são ignorantes!!! Lamentável! O que está sendo dito aqui é com relação à Direitos e respeito, isso que aconteceu foi vandalismo, falta de educação, nada a ver com democracia. Seus doentes!

  9. Ser contestada em voo, não me assusta, afinal, é um direito deles também … livre arbítrio, liberdade de expressão … o que me assusta contra a imprensa é o direcionamento de supostos jornalistas dão a certas notícias … ou, por exemplo, o que aconteceu com o chargista do jornal da Bahia … os patrôes estão se cagando para vocês jornalistas …

    http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/300989/Chargista-é-demitido-do-jornal-A-Tarde-por-desenhar-Geddel.htm

  10. Parreiras Rodrigues diz:

    Os petistas deveriam se orgulhar de voar ao lado de uma das melhores jornalistas políticas e econômicas do país.
    Mas, certamente preferem Paulo Henrique Amorim, essas coisas…

    • Pelo que me lembre, votei na Dilma para o governo, e não no vice através de golpe, dado pelo seu candidato Aécio Neves … o limpinho … tá mole em macarrão? … Agora, parece-me que a dona Leitoa não tem como provar que foi agredida porque tem depoimentos de um monte de gente que estava no mesmo voo que não viu nada disso daí … aguardemos desculpas da corriola escarnecedora … se não da própria … mas, daí é pedir demais né, não? … esperar o que dessa gente …

  11. Pena que eu não estava lá!

    Miriam Leitão colocou o Brasil nesta enrascada! Tem muita gente passando fome, há muito tempo não presenciava cortes de energias elétricas, água, gás, tantos envelopes nas caixas de correios com intuitos a cobranças, desempregos, etc, etc, etc.

    Esse é o ódio da “direita Golpista, derrotada nas urnas e lançou sobre o povo brasileiros, com a ajuda dos capitalistas, comunicação e acabaram convencendo as próprias vítimas de hoje que paga a conta da maldade! Pergunto?

    Será que essa Miriam Leitão tem o merecimento de ser respeitada? Não! Parabéns aos tripulantes que vaiaram!

    Disseminou o “quanto mais ruim, melhor” e quebrou o Brasil. Vamos colocar em ordem o nosso país novamente!

    Esperamos que povo acorde, principalmente os que ainda estão enfeitiçados pelo “Canto da Sereia”, da direita odiosa! É Lula 2018.

    José Fuji.

  12. Pô, DEZ dias depois do ocorrido?

    Quem escreveu o texto?

    Ali Kamel?

    Deve ser, pois há outras pessoas que a contradizem:

    jornalggn.com.br/luisnassig/abolinhadepapeldemiriamleitao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>