Maringá é uma cidade maravilhosa…

Maringá-Rio

… só precisa de mais investimentos na área cultural, um time de futebol vencedor e um autódromo, postou o meu amigo Gustavo Henrique na sua página do Facebook.
Ao comentar a postagem, o também meu amigo Milton Ravagnani escreveu:

‘Concordo com sua opinião, mas penso que há algumas necessidades mais urgentes: resolver a situação da população de rua, encontrar uma solução para a destinação final do lixo, promover uma distribuição melhor da riqueza gerada no município, especialmente no setor de serviços, com atenção para os serviços de saúde e de educação, construir um novo sistema de mobilidade que priorize as pessoas e não os automóveis e dar um up grade na formação dos nossos jovens.’
Meu comentário (Akino): Concordo com o Gustavo, em parte. Futebol, desde que não haja interesses políticos, como nas gestões passadas (Zebrão e Ricardo Barros), pode formar um time vencedor. Se Chapecó pode, por que Maringá não poderia? Com o Milton, de quem já discordei algumas vezes, também concordo, mas vejo que a nova administração está na direção certa, com ações necessárias para atender suas sugestões.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

14 pitacos em “Maringá é uma cidade maravilhosa…

    • Atuei por 16 anos, cobrindo etapas da FT – Fórmula Truck. Conheço todos os autódromos do Brasil e Maringá, não reúne condições de ter um autódromo, por questões logísticas e financeiras. Maringá, localiza-se no eixo Londrina/Cascavel e não há como encaixar etapas, fora desse autódromos.Custear um autódromo, não é coisa para administração pública e se não fosse grandes marcas de auto motores, TODOS os atuais autódromos, já estariam falidos. Hoje a Pirelli, é a grande patrocinadora, pois a Firestone, perdeu mercado. O empresário Francisco F. Ribeiro F° (Grupo Pneumar/Rivesa) incentivado por mim, bem que tentou uma parceria para construir um autódromo em Maringá, adquiriu terreno (pertinho do “Porco no Tacho”, mas ai a FIRESTONE, saiu do mercado de patrocinadores. E há ainda a questão de Pilotos, que necessitam de filiação na FIA – FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE AUTOMOBILISMO e na FPA – FEDERAÇÃO PARANAENSE DE AUTOMOBILISMO e ainda na CBA, que é a entidade nacional.Para se formar um Piloto profissional, leva-se no mínimo oito anos, e sem formação profissional, não se pilota. Quanto ao FUTEBOL, no caso de CHAPECÓ, ali são empresas que bancam o time e no caso de Maringá, são políticos, infelizmente “profissionais”. Para a cidade, são outras necessidades e concordo com as posições aqui estampadas..

  1. Em parte o Milton está certo, mas dê mais pouco de tempo à nova administração Quanto a futebol, enquanto for tocado por PICARETAS, não acho que compete a adm. pública. É sim por EMPRESARIOS SERIOS E COM CREDIBILIDADE.
    O exemplo está a 300km. de Mga. OPERARIO DE PONTA GROSSA.

  2. Será?
    Tira a região do centro antigo, catedral e parque no ingá…..e tudo.muda!
    O Novo Centro um amontoado de prédios, muito diferente do planejamento inicial
    Hj vemos terrenos pequenos, ruas estreitas, e tudo caro!
    O trânsito um caos!
    É por aí vai……
    Acho que perdeu muito com o passar dos anos.

  3. ANTÓNIO BARBOSA diz:

    ME DESCULPEM MAS MARINGÁ ESTÁ LONGE DE SER UMA “CIDADE MARAVILHOSA”. ATÉ PODERIA SER. EQUIPAS DE FUTEBOL PODEM EXISTIR QUANTAS QUISEREM DESDE QUE NÃO SEJA Á CUSTA DE DINHEIRO PÚBLICO.

    • Cidade De Vileiro Ignorante diz:

      Também acho! Cidade tuberculosa seria mais adequado: gente burra e inculta que se acha elite, elites verdadeiras que só dão exemplo de corrupção, classismo e hipocrisia, trânsito cheio de dementes que se acham com mais direito que os outros, polícia inexistente, políticos incompetentes, e uma população que se preocupa mais com cachorro-quente do que com limpeza de fundo de vale. Maravilhosa em quê?

  4. O Gustavo Henrique, escreveu no facebook que com a construção do Autódromo, além das corridas que traria turistas e renda para o município, e ainda poderia eliminar um problema grave existente na cidade, que é acabar com o barulho, quando dos eventos do Parque de exposições, transferindo várias atividades tipo: Shows artísticos musicais, Gospel, hallel, som automotivo, carnaval, desfiles de sete de setembro, aniversário de Maringá e outros. Inclusive ele apontou o local ideal, que seria no novo Parque Industrial, devido as proximidades da rodovia, da saída para Campo Mourão e próximo do aeroporto de Maringá. O incentivo da PMM é fundamental para a iniciativa privada poder ter participação e fazer investimentos, puxando a fila ACIM, Rede Hoteleira, Comércio e Industria e vários outros segmentos. Sinceridade achei uma ótima ideia e apoio o projeto, quero ver a opinião do prefeito Ulisses Maia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>