Não compra mais

Estamos de olho

O Ministério da Saúde acatou sugestão do Ministério Público Federal e não vai mais comprar a LeugiNase, medicamento importado da China e utilizado no tratamento de câncer infantil. A informação foi dada ontem à noite pelo programa Fantástico, da Rede Globo.

O produto foi duramente criticado por especialistas, por não ter sua eficácia testada. Barros resistiu o quanto pôde a cumprir o pedido. O Ministério da Saúde não vai recolher os lotes do medicamento.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Não compra mais

  1. INVESTIGADOR NILSON diz:

    É PROPI-MÉDIO no duro. Na mais cara de pau, sem óleo de peroba!
    Salvem o SUS!
    Mandem o Leitão Vesgo pra Câmara e não volte mais.
    Mas nunca mais mesmo. Nem o eleitores de 2018.

    NILSON LAVA BARRO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>