Sercomtel diz isso e faz aquilo

Do Paçoca com Cebola:

No final da gestão de Alexandre Kireeff a Sercomtel possuía 2 cargos em comissão, mas em abril de 2017 – já na administração Marcelo Belinati – passaram a ser 6, e no último mês de maio o conselho da telefônica autorizou a criação de mais 3 cargos comissionados, conhecidos pelo codinome de Assessores Especiais, mesmo após o anúncio de medidas restritivas na empresa e do rombo orçamentário.

A sócia minoritária Copel que possui 8.453 empregados não possui nenhum assessor especial, conforme informa o seu site (http://bit.ly/2waddf3).
No governo federal o Ministério Público do Trabalho (MPT) firmou com os Correios, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê a extinção de todos os cargos de assessores especiais até 2018. A grande maioria das estatais, por recomendação dos órgãos de controle externo já extinguiram seus cargos em comissão.
Nos corredores da Sercomtel, o papo é, o Conselho autoriza a criação de mais cargos comissionados e delibera pela manutenção do reajuste zero para os servidores da casa, recomendando ainda a redução para R$ 8 reais do vale alimentação, como aconteceu na última e polêmica reunião do conselhão de Luiz Adati, presidido por Junker Grassioto, ex-candidato a vice pelo PSDB ao lado de Marcelo Belinati em 2012. (http://bit.ly/2waq7ty)
Enquanto isso, anuncia um programa de contenção de gastos e desperdícios em rede estadual de notícias. Dá para entender? http://bit.ly/2vInq5o

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Sercomtel diz isso e faz aquilo

  1. Luciano Kuhl, maringaense fazendo das suas em Londrina.
    E da escola dos barros só pode ser.

    http://www.zebeto.com.br/imagem-e-tudo/#.WYjNNYgrLIU

    Imagem é tudo

    O prefeito Marcelo Belinati (PP) está preparando sua equipe de marketing político com esmero pois contratou, pela empresa de telecomunicações Sercomtel, a jornalista Carla Sehn, que chefiou a Comunicação Social da então vice-governadora Emília Belinati, tia de Marcelo, e o ex- diretor executivo do grupo RIC Record, Luciano Kuhl (também ex-gerente comercial da Folha de Londrina). A administração Belinati já teve dissabores na queda de dois secretários municipais: o de Meio Ambiente (advogado Camilo Vianna) e da Cultura (músico Clodoaldo Moraes). Também carrega a recomendação do Ministério Público Estadual para a demissão do secretário de Saúde, médico Luiz Khoury, por não ocupar o cargo em tempo integral como determina a lei orgânica da Saúde. Pelo andar da carruagem a nova equipe vai ter muito trabalho pela frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>