Caro vereador

Dirigimo-nos a todos os de Maringá e região e demais que dispuserem a ler este post. Você se reconhece uma pessoa com defeitos?

Já parou para analisar suas falhas como ser humano? Já percebeu que há muito que corrigir como alma imortal? Certamente que sim. O simples fato de dedicar cinco minutos de seu precioso tempo para ler a postagem demonstra que você está em busca do seu crescimento, ou pelo, menos é curioso. Então, conhece-te- a ti mesmo. Dizem que Sócrates construiu sua filosofia a partir desta inscrição na entrada do templo de Delfos.
Acho, prezado vereador, que você já dedicou algumas horas de sua vida procurando conhecer-se. Imagino que encontrou um monte de coisas que precisam ser corrigidas. Se você foi sincero, deve ter ficado envergonhado de si mesmo, pelo menos umas duas ou três vezes, ao se dar conta de suas falhas.
Ou você se acha perfeito? Por que se candidatou e trabalhou para ser eleito? Só para ajudar o povo, ou por orgulho, em busca de status ? Ou estava pensando em depois ser deputado, ou quem sabe prefeito, fazer uma carreira e ganhar muito dinheiro? O salário de vereador é importante para você, ou não precisa, pois tem sua profissão, rentável e não depende? Seja sincero. Usa seus assessores para trabalhar pelo povo ou mais, e ou também, como cabos eleitorais?
Só para concluir, senhor presidente, como se diz quando o tempo está ultrapassado, esta é fonte de inspiração do artigo do qual destaco mais este trecho que fala de humildade: “Sem humildade construímos virtudes que não temos, como se tivéssemos uma roupa para esconder deformidades de nosso corpo. Sejamos humildes para reconhecer nossas imperfeições e trabalhemos para corrigí-las. Quando se briga com muita gente, é preciso parar e analisar se não é você que está errando.
PS: O título, além do tratamento respeitoso a todos, pode ser entendido pelo custo para o contribuinte. Há muitos, que pelo que produzem são realmente ‘caros’
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Caro vereador

  1. Valdir da Fonseca diz:

    Eu sempre fui e serei um otimista por natureza a cada eleição eu me encho de esperança renovos minhas forças oo meu espírito participativo e aguardo os convites das entidades Prefeituras e camaras de Vereadores para encontrar caminhos para o desenvolvimento e principalmente levar qualidade de vida a quem mais precisa.
    Nas ultimas 2 eleições municipais a nossa querida regiao esta me deixando muito triste porque os legislativos estao sem legisladores, sem fiscalizadores . Ha ia me esquecendo sem gente de carater e os pouquíssimos que temos nao dao conta de tudo. Mas vamos a luta porque venceremos os canalhas sempre.

  2. ambrosio brambilla diz:

    Das poucas vezes que tive vontade de ser vereador nunca foi pelo salário nem pela posição politica, apenas tinha vontade de expor minhas ideias e confrontá-las as demais para melhorar a vida das pessoas, porque entendo que a política muda a vida das pessoas.
    Porém, ser vereador não representa quase mais nada nos municípios, os projetos e o que tem por fazer ficou pequeno diante das necessidades do povo, já que ao longo do tempo, existem leis demais para ser cumpridas.
    Quanto a fiscalização ao executivo, isso só se torna balela diante da LRF, e a base do prefeito sempre vai imunizá-los de tudo.
    Então, penso que todo esses milhões gasto na Câmara não é de muito proveito.
    Mas a democracia exige um poder legislativo, que ao meu ver nas cidades poderiam ser reduzidos pela metade das cadeiras e consequentemente na metade dos assessores, de uma estrutura obsoleta que só gasta o dinheiro do contribuinte.
    Na verdade vereador não faz nada, não trabalha na Câmara sobretudo não tem muito o que fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>