Polícia tenta identificar autor do furto de celular durante agressão ocorrida ontem na Câmara de Maringá

Imagens do sistema de videomonitoramento da Câmara de Maringá, entregues hoje à Polícia Civil, revelam o rapaz que furtou o celular iPhone deste modesto blogueiro. O rapaz, de camisa cinza,

andou praticamente todo o tempo ao lado de Otávio Marchese (de camisa rosa), irmão do vereador Homero Marchese, e estava junto com ele inclusive na primeira agressão, que aconteceu no momento em que eu deixava o local. A polícia busca identificá-lo.
Como se percebe na sequência abaixo, ele aproveita o momento em que fui agredido por um rapaz de camisa branca, que segurava uma faixa atacando os vereadores, e derruba o aparelho; ele passa por trás, pega o aparelho do chão, enfia-o dentro da calçada e, ao passar por Otávio, o informa da confusão. Este então se levanta e me agride covardemente pelas costas. Até agora o celular não reapareceu.
Recentemente Marchese promoveu um seminário, acredite, sobre violência.

Aqui, em melhor resolução.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

25 pitacos em “Polícia tenta identificar autor do furto de celular durante agressão ocorrida ontem na Câmara de Maringá

  1. Rigon, não foi furto foi roubo. O que fizeram com você só prova o caráter dessa gente. Não me esqueço de como você deu espaço pra esse sujeito aqui no blog. Inclusive o Akino indicou o nome dele quando o mesmo foi candidato a deputado estadual. No dia da diplomação dos vereadores, o Akino estava na câmara dizendo da necessidade do Homero ser presidente da casa. Nada como um dia após o outro.

  2. Rigon, fico extremamente triste!
    Triste por você , que nada mais faz além de exercer seu direito de opinião como profissional da imprensa, e triste pelo meu país. Não importa se o ocorrido foi na ONU ou na Câmara de Vereadores de um município, todos que prezam por liberdade de expressão foram igualmente agredidos. Todos nós, que lemos suas publicações e que gostamos de estar aqui , sentimos muito por você que nos acolhe ,até mesmo com nossos rompantes!. Tantas vezes discordei de seus posicionamentos e até fui rude ao discordar, mas nada que não nos trouxesse benefício mútuo! Aqui, neste blog, aprendi tantas coisas, refletindo sobre ética, moral e valores. Logo após meu café da manhã , minha primeira leitura acontece aqui com a ilustração, sempre bela:
    ” O dia em Maringá ”

    Agradeça! O agressor não foi você!

  3. O homem de camisa branca que segurava a faixa e fez a primeira agressão é o outro irmão do vereador, mauricio marchese.

    • Maurício Marchese não é médico? É preciso esclarecer isso, pq se for, lida com vidas nessa agressividade toda??? Que horror!

  4. Todos deverão ser processados aos rigores da lei, isso aqui tá parecendo área de garimpeiros, só tem jagunço.

  5. Acho que ele se complicou um pouco mais para sua defesa diante dos nobre edis. Como o vereador Homero não sabe lidar com a oposição, mas como menino mimado, só sabe lidar com o que lhe agrada, a família não deve ser muito diferente. Os amigos podem até ser um pouco diferentes, mas a tropa de choque é fiel escudeira e compartilha de ideias violentas e de pessoas, que apesar das roupas de marcas, fazem fazem de iletrados.
    Olhe que tem iletrados, e muitos, com atitudes muito mais honesta e respeitosa do que os homens do vídeo acima.

  6. Que tal incluir no curso de jornalismo a materia defesa pessoal. Diz que o mano do Marquese da sapatada sem tira o sapato. A Camara ficou tao tumultuada que parecia que o MST tinha invadido a casa. E teremos novos capitulos nesEstamos avidos para assistitsa novela de uma hora por semana.

  7. A TROPA DE CHOQUE DO RIGON É O TECLADO DO COMPUTADOR.
    VAI CONTINUAR A APANHAR DE GENTE DE ROUPA FINA E ATITUDE GROSSEIRA.

Deixe seu pitaco