Ainda sem solução

Ainda não foi solucionado o furto de milhares de reais do ex-prefeito Carlos Roberto Pupin (PP).

Há divergências sobre o valor em espécie que sumiu de seu apartamento há algumas semanas – fala-se em algo entre R$ 100 mil e R$ 300 mil.
Com parte dos bens bloqueados, o ex-prefeito tem sido visto até com certa frequência na tríplice fronteira.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Ainda sem solução

  1. O que fazia um cara político com esse dinheiro todo em sua casa? Falar q bens eram bloqueados … kkkk conta outra vá !

    • Advogado Indignado diz:

      Olha o que fazia com esse dinheiro em casa não tenho ideia, mais uma coisa é certa, tanto os bens bloqueados e esses valor furtado, não representam nada na conta bancária do pupin, por que como se sabe ele já era milionário bem antes de se aventurar pela política!

  2. Com tanto bandido que esse aí se relaciona, vai ser difícil achar qual deles levou a grana. É a força do hábito… A polícia vai ter que investigar muuuuuitos suspeitos até achar o autor…

  3. Zeca Lima diz:

    Explica aí , se um pobre tem 20 mil em casa, vão dizer que do tráfico 0u pior, vão dizer que é de roubo! Mas um cara que tem 300MIL REAIS em casa é do que? E esses passeios para as fronteiras ? Não significa nada??? Ah tá … me engana que eu faço q acredito !!!

Deixe seu pitaco