Efeito Cida no Detran

A denúncia feita pelo deputado estadual eleito Delegado Jacovós, questionando a publicação de portaria do Detran ao apagar das luzes do governo estadual, viralizou e rendeu memes, além, é claro, de muita crítica à decisão da governadora Cida Borghetti.

Por trás do aumento das taxas estaria gente muito conhecida por aqui. Já o Departamento de Trânsito do Paraná divulgou nota informando que a portaria 070/2018 foi publicada “em cumprimento a resolução 466/2013 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que até o momento não havia sido regulamentada, que estabelece procedimentos para o exercício da atividade de vistoria de identificação veicular a ser realizada pelos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal, ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, habilitada para a prestação dos serviços de vistoria veicular”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Efeito Cida no Detran

  1. Mara Beatriz Montagna diz:

    Vergonhoso, está colocando a guela abaixo algumas decisões precipitada, onde com certeza em algum ganho escuso por trás, e a poloulacao que paga o pato.

  2. Este Detran e afins e uma farra junta se o Detran os CFCs os depósitos EA palhaçada pega preço taxas exorbitantes, prevenção de acidentes e educação de trânsito nenhuma ,o interessante e arrecadar.
    E o quee feito desta desta fortuna toda.Eu quero ver um de coragem para acabar com está farra,se e que tem.

  3. parabens paranaenses que adoram familia barros…governo faz de tudo para consumidor poder comprar um carro ou moto. depois tome lhe detran…

  4. Estamos atentos,

    Final de governo, vice em exercício e, mais uma vez os servidores vão sair sem a reposição da inflação, se fosse algo correto, adequado, até poderia ser aceitável, mas a DECEPÇÃO É GRANDE , e por que?

    Enquanto muitos gestores/setores públicos estão gastando descenessariamente, como com os famosos CCs e ASPONES, (exemplo claro são o das Universidades com excessos de Cargos Comissionados, chamando muita atenção as nomeações de ASSESSORES ESPECIAIS), e outros gastos como TIDES indevidos, horas extras para trabalhos rotineiros, que podem ser encaixados na extensa carga semanal de 40 horas e demais vantagens pagas, para beneficiar pessoas e grupos de servidores. E, em outro lado ESPERAM ANSIOSOS os que dependem do salário, cumprem suas horas, normais e realizam seus trabalhos de forma honesta, mas são prejudicados.

    O dinheiro público beneficia alguns servidores e vai para o ralo , e se o novo governo não aparar as arestas logo no inicio, e fizer uma ampla auditoria, cairemos na mesma situação.
    Agora se o desperdício fosse estancado, com certeza o governo teria verba para realizar a reposição para todos os servidores!

    É esse tipo de situação que precisa mudar e urgente!

Deixe seu pitaco