OSM economiza R$ 70 milhões fiscalizando só 2% das licitações

Observatório Social

O Observatório Social de Maringá divulgou hoje que em oito anos – gestões Silvio Barros II (PHS) e Carlos Roberto Pupin (PP), que chegaram a divulgar outdoors na campanha eleitoral com a logo do OSM – conseguiu economizar R$ 70 milhões dos cofres da Prefeitura de Maringá.
Detalhe: fiscalizando apenas 2% das licitações realizadas no Executivo. E olha que ainda há a gastança desmesurada com propaganda e cargos de confiança, de fazer inveja ao governo federal, sem contar a grana para promotores de feiras de aviação, confederações esportivas etc. O tamanho do volume de dinheiro que pode ser desviado talvez explique porque tem gente doidinha para voltar à prefeitura.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.