Ditão assume Prefeitura de Jandaia do Sul pela 2ª vez

pupio, cir e edmar

Neste sábado, pela segunda vez, Benedito Pupio (PSC, na foto com o vice e o deputado Edmar Arruda) assumiu a Prefeitura de Jandaia do Sul.
Em outubro de 2013, ele e seu vice, Cir Albieri (PDT), chegaram a assumir com a decisão do TRE de cassar o mandado de Dejair Valério (PTC), o Carneiro da Metafa, e do vice Leandro de Souza Silva (PSB), mas houve recurso ao TSE, uma liminar do ministro do ministro Henrique Neves da Silva e em novembro daquele ano eles deixaram o cargo.

Agora, uma decisão do juiz Leandro Albuquerque Muchiuti, da 70ª Zona Eleitoral de Jandaia do Sul, atendendo petição apresentada pela coligação “Trabalho e transparência” determinou o imediato cumprimento de acórdãos do TRE-PR, que mantiveram a sentença proferida pelo juízo na parte em que cassou o mandado dos eleitos na eleição majoritária do município de 2012. “A um eventual recurso que possa vir a ser interposto pelos candidatos cassados, não goza, em regra, do efeito suspensivo. Os efeitos da decisão liminar do TSE, nos autos da ação cautelar, se exauriram com a nova decisão proferida pelo TRE”, diz o mandado de intimação.
A segunda posse de Ditão e Cir aconteceu na manhã de hoje.
Dejair Valério e Leandro de Souza Silva foram acusados de terem sido beneficiados pelo ex-prefeito e ex-deputado federal José Borba (PP) durante a campanha eleitoral de 2012. De acordo com o processo, Borba aumentou o salário dos servidores durante o período eleitoral e isso fez com que Valério, que era vice-prefeito, fosse eleito (Foto: Berimbau)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.