Sugestão de reportagem para RPC

Como é de conhecimento da equipe de reportagem, há muitas suspeitas sobre o valor da obra do portal do Parque do Ingá, praticamente confirmadas com o documento onde aparece o valor de R$ 135.000,00, como elementos especiais (item 11). Outro caso é a construção do Centro de Apoio ao Turista, em plena mata do parque, totalmente fora de propósito.
Isto posto, e considerando que é tradicional da emissora reportagens investigativas, sugerimos uma matéria sobre como o dinheiro público está, aparentemente, sendo desperdiçado. Seria possível ou isso contraria interesses de um grande anunciante, o dono da cidade?
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Sugestão de reportagem para RPC

  1. Mario Leite. diz:

    REalmente, construir uma CENTRAL de ATENDIMENTO ao TURISTA dentro do Parque do INGÁ, no minimo é ridiculo.. De quem foi esta grande ideia? tem que chamar e levar todos ate a JUSTIÇA.

  2. Mario Leite. diz:

    Agora fazer uma pauta é uma boa, queria sugerir que a RPC. fosse ate o Porto Maringaz em MARILENA e fazer o que esta sendo fewito la.

  3. Tem que perguntar pro secretário de Meio Ambiente….quem está no cargo.? o Miguel Grilo ? ou o zebrão….??

  4. Eu sei que, originalmente, este Centro de Apoio ao Turista era pra ser um Auditório, onde ocorreria palestras, apresentações e outras atividades, como mais uma atração entre outras que foram construídas na última gestão do Silvio Barros (arvorismo, tirolesa, tiro d’água, …). Não era pra ser um Centro de Apoio e funcionar como uma espécie de recepção… por isso que ele está localizado no meio do parque e não pxmo à entrada.

    Oq acontece é que, o tempo passa, muda prefeito, muda secretário, e aí essas novas peças do jogo não aceitam dar continuidade ao trabalho de seu antecessor, querem inventar coisa nova, só para dizer que foram deles a idéia. Mas nesse caso, inventaram que ao invés de ser apenas um auditório, seria um “CENTRO DE APOIO AO TURISTA”… Mais chique, né?! E aí, aquilo que foi pensado e projetado pra uma função, num lugar ideal para aquela função, perde completamente o sentido naquela localização…

    Oq falta é mais humildade desses gestores de fazer o melhor, mesmo que seja pra dar continuidade a um projeto do gestor anterior, ao invés de ficar fazendo firula e querendo aparecer…

    Esse projeto, o do Auditório do Parque do Ingá, é do arquiteto Ney Vecchi e está pronto para ser executado desde muito antes do Pupin pensar em ser prefeito, e agora mudam tudo, quebram todo o propósito da obra, e não querem que seja questionada essa mudança ridícula de função: uma recepção no meio do parque.

    Sou da opinião: querem um Centro de Apoio?? Façam um projeto para tal no melhor lugar que deveria ser. Não querem mais um auditório? Não o construam, ao invés de utilizar o projeto existente pra criar um elefante branco, com uso nada a ver para aquele local…

    É tudo só pra querer aparecer…

Deixe seu pitaco