Julgamento adiado

O julgamento do mais recente recurso dos 21 vereadores maringaenses da legislatura 2001-2004, que aconteceria ontem no STJ, foi adiado. Não há uma nova data agendada.
Os 21 têm condenação em segundo grau para devolver alguns milhões de reais aos cofres públicos. O Ministério Público Estadual começou a execução da sentença há um ano, mas depois suspendeu. Tem-se como certa que o Ministério Público Eleitoral denunciará todos os que estão entre os 21 na Lei da Ficha Limpa, apesar de a condenação não incluir suspensão de direitos políticos.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.