Desdobramento

Operação Cupim

Licitações realizadas por ex-administrações municipais de Mandaguaçu e Ourizona estão sendo investigadas pelo Ministério Público Estadual.
A base são os autos da chamada Operação Cupim, realizada no final de 2015 pela 20ª Promotoria de Justiça de Maringá.

Estão sendo apuradas eventuais irregularidades ocorridas em licitações e até atos de dispensa de licitação dos anos de 2009, 2010, 2012 e 2015 realizadas para aquisição de equipamentos, materiais de escritório e móveis para um centro comunitário e para a Secretaria de Educação de Ourizona e para centros municipais de educação infantil, para a prefeitura e para a Câmara Municipal de Mandaguaçu.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.