Richa fará dupla com Requião na vitória ao Senado

MG1

De Cícero Cattani:

Praia sem sol para reforçar o bronzeado, e com chuva, restou a Beto Richa correr 15 quilômetros. Mostrou que está em forma. Na maratona eleitoral sua performance não tem sido convincente. Aliás, nenhum dos candidatos às majoritárias está em forma, todos capengando.

MG1

Mesmo aos trancos, o governador tucano está certo que a corrida ate o Senado será disputada com Roberto Requião, e que ambos serão vencedores. Não tem para ninguém.
Em disputas anteriores, Beto Richa mostrou que não tem vocação de cavalo paraguaio, aquele que fica sem fôlego logo depois da largada.
Ao mesmo tempo instala uma oligarquia política para chamar de sua: irmão deputado federal e o filho mais velho deputado estadual. Não seria arriscado prever que a mulher Fernanda concorra à sucessão de Rafael Greca, em 2020. Fernanda Richa tem potencial eleitoral em Curitiba, maior que o próprio marido. E do prefeito.
Ao entregar o governo a Cida Borghetti, em abril, estará enterrando as pretensões de Ratinho Jr. de chegar ao Iguaçu, sonho acalentado pelo pai.
Paciência.
A sorte está lançada.

MG1

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.