Cunhado superpoderoso

Fernando Tupan informa que a base aliada de Ratinho Junior (PSD) obstruiu a proposta de pedido de urgência para a lei 312/2018, que dá superpoderes ao secretário de Desenvolvimento Urbano, seu cunhado Silvio Barros II, para fechar convênios com prefeituras do interior.

Durante a votação deputados estaduais ligados a Junior deixaram o plenário, ficando apenas 19 parlamentares da linha de frente da governadora Cida Borghetti (PP). Sem o número de 28 deputados na sessão, o presidente Ademar Traiano (PSDB) foi obrigado a encerrar a sessão. O projeto deve entrar na pauta novamente na segunda-feira. O líder de Cida, Pedro Lupion, está articulando para que todos os integrantes da base compareçam a votação.
Silvio Barros, ex-prefeito de Maringá por duas vezes e com foro privilegiado desde que voltou a ser secretário da cunhada, está com os bens bloqueados pela justiça por causa de ao menos duas ações civis públicas por improbidade administrativa.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.