Debate na Record escancara acordo de Barros com Arruda

O debate de sexta-feira da Record com os candidatos ao governo do Paraná escancarou o acordo de Ricardo Barros (PP), coordenador da campanha da mulher e governadora Cida Borghetti, com João Arruda: o emedebista está no páreo para tentar impedir que a eleição seja decidida em primeiro turno em favor de Ratinho Júnior (PSD).

Apesar de se dizer de “oposição”, Arruda deu uma pegadas de leve, com muito amor e carinho, em Cida e não poupou Ratinho. Seus ataques ao pessedista foram grosseiros em alguns momentos.
O acordo Barros-Arruda envolve o empresário Joel Malucelli, genro do emedebista, e seu tio Roberto Requião. O acordo permitiu que Malucelli indicasse o irmão para vice de Cida e tem poupado Requião de ataques da campanha da governadora, cuja coligação é rival história do chefe do clã emedebista.
A última pesquisa Ibope, divulgada quinta-feira, traz, no entanto, uma informação preocupante para os autores e beneficiários do acordo: Arruda mais que dobrou o número de intenções de voto e pode ultrapassar Cida na próxima rodada…
(Montagem s/ foto Alex Sandro Dias/RIC TV)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.