Operação Quadro Negro: Juliano Borghetti, irmão de Cida, vira réu

MG1

Do G1:

O irmão da ex-governadora Cida Borghetti (Progressistas) e ex-vereador de Curitiba Juliano Borghetti (foto) e o dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, tornaram-se réus por corrupção ativa e passiva no âmbito da Operação Quadro Negro.

MG1

A operação apura o desvio de R$ 20 milhões na construção de escolas no Paraná por meio de contratos com empresas entre os anos de 2013 e 2015.
Segundo a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), aceita em janeiro, Eduardo pagou propina para Juliano em troca da nomeação de uma pessoa de confiança como assessora no gabinete da então vice-governadora Cida Borghetti, em 2015.
Ainda conforme o MP, foram feitos três repasses de R$ 15 mil. A ex-governadora não é investigada nesse processo. Leia mais.

MG1

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.