CAD acata recurso do DCE no caso de assédio sexual contra alunas

O Conselho de Administração da Universidade Estadual de Maringá decidiu ontem acatar recurso do Diretório Central dos Estudantes e dos departamentos de Letras e Psicologia contra a decisão do ex-reitor Mauro Baesso, no rumoroso caso de assédio contra alunas, promovido por dois professores de História.

Foi a segunda reunião formal do ano, encerrada por volta das 18h30, e marcada pela tensão. Em março de 2018, Baesso não acatou a decisão da comissão que apurou as denúncias, que deu parecer pela demissão a um professor e suspensão a outro. O ex-reitor acatou parcialmente o relatório final da comissão.
Ontem o CAD deu provimento ao recurso do DCE e dos departamentos. O recurso pede que o atual reitor, Julio Cesar Damasceno (vice-reitor à época), acate a decisão da comissão. Agora cabe ao reitor Damasceno a publicar a resolução ou vetar a decisão do CAD.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.