Empresário nega que tenha autorizado pouso do helicóptero

Q

O empresário Vitor Mazzer, em contato com o blog, negou que tenha autorizado o helicóptero que trouxe parte da diretoria do FC Cascavel, domingo, a pousar no gramado do Estádio Willie Davids.

Baratek 10

“Não autorizei”, disse ele, lembrando que não lhe cabe este tipo de autorização, uma vez que o estádio pertence à prefeitura municipal. Mazzer contou que o presidente do time cascavelense entrou em contato, na sexta-feira, questionando se haveria problema para o pouso no estádio e que disse então que a diretoria do Maringá FC não se oporia, mas que o clube não era a instância correta para tal.
O empresário reafirmou que não procede a informação de que ele teria dado a autorização, e que quem falou isso mentiu. O blog havia informado, na primeira postagem, que o helicóptero trouxe os diretores e pousou na Vila Olímpica, mas logo após o jogo pousou no gramado para pegar os passageiros.
Vitor Mazzer afirmou que está no projeto do Maringá FC desde dezembro de 2017 e que tem feito tudo de forma legal e correta. “O futebol de Maringá tem uma imagem muito negativa por causa do passado e nós sempre pagamos o preço por isso. Estou sempre procurando cumprir com tudo o que é responsabilidade do MFC”, comentou.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.