Cota feminina financiou campanha de homens no Paraná, diz reportagem

Catarina Scortecci e João Frey produziram um material muito interessante explicando como o dinheiro da cota feminina financiou campanhas de homens no Paraná.

Na primeira parte da reportagem, publicada ontem, eles confirmam que dinheiro dos fundos públicos de campanha destinado à candidatura de mulheres no Paraná foi usado para financiar materiais de candidatos homens – inclusive do então candidato ao governo do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD).
Dois casos identificados pela Gazeta do Povo a partir da prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral envolvem o PSD, partido presidido pelo governador, e o PV, sigla que apoiou sua candidatura. Um deles: a candidata a deputada estadual Eliana Fuzari (foto), ex-vereadora de Paiçandu e ex-cargo comissionado da gestão Carlos Roberto Pupin, recebeu R$ 446 mil em doações do Fundo Partidário da direção nacional do PSD. Nenhum outro candidato a estadual do partido no Paraná recebeu doações do diretório nacional. O valor recebido por Eliana foi a terceira maior doação da legenda para candidatos a estadual em todo o Brasil. Ainda assim, ela fez apenas 1.501 votos.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

Deixe seu pitaco