Tempos de mudança

Por causa do fim das coligações, as chapas de candidatos a vereador passam a ter mais importância, em certos casos, do que os candidatos a prefeito.

Assim, nos bastidores fala-se numa mudança considerável, por exemplo, da atual composição da Câmara de Maringá. Como se sabe, em 2018 é a vez da janela partidária dos vereadores.
Ouve-se, por exemplo, que Belino Bravin tem que deixar o PP por conta de seu potencial eleitoral, que afastaria uma chapa plural. Assim como o vereador Altamir da Lotérica, do PSD, e o primeiro suplente do PHS, Maninho. Os três, dizem, estariam indo para o PSL.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.