Nada de mais

Vi no Pan News, edição de hoje, que foi abrilhantado com a presença de Verdelírio Barbosa, embora com a ausência física do Rigon, apresentado pelo competente Paulo Caetano, comentários de Agnaldo Vieira, também, que houve um descontentamento de vereadores com relação a entrevista do presidente Mário Hossokawa à RPC.

Teria se passado a impressão de falta de produtividade, mas o que entendi é que perguntado sobre dificuldade de se encontrar temas relevantes que ainda não tenham leis regulamentando, o presidente concordou.
De fato, digo eu (Akino), é cada vez mais difícil encontrar assuntos que já não sejam objeto de leis municipais, estaduais e federais, o que dificulta o trabalho, como legisladores, de vereadores, deputados e senadores, especialmente vereadores. Isso reforça que cada mais eles devem ser fiscalizadores , auxiliando o executivo, e menos trabalharem fazendo leis. Penso que devemos respeitar os jovens profissionais da emissora, e entender as dificuldades de cada um na disputada por audiência. Há bons jornalistas e não tão bons, assim como há bons vereadores e outros não tão bons assim, dependendo do ponto de vista de cada uma.
Resumindo, não vi nada de mais, nada de depreciativo ao trabalho da Câmara, cuja composição acho boa, contrariando meu amigo Verderío.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.