Já foi melhor

A 22ª Feira de Imóveis de Maringá, realizada de quinta-feira até ontem, ficou longe em movimento das outras edições. Estima-se que menos de 2 mil pessoas passaram pelo pavilhão azul do parque de exposições.

Segundo gente da área, entre os fatores que contribuíram para isso está a falta de divulgação (só um grupo foi beneficiado) e o repasse menor de verba da Caixa (menos da metade dos anos anteriores). A organização foi meio improvisada: na abertura do evento, como se vê na foto, à esq., não tinha tesoura para o maringaense Sabas Martin Fernandes, atual vice-presidente do Creci/PR (em breve, presidente), na hora de cortar a fita inaugural.

(Foto: Ivan Amorim/Pólen Imagens)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.