STJ confirma fraude em concurso

Em decisão do dia 13, publicada ontem e disponibilizada hoje, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha
negou recursos do caso reconhecendo a realizaçao de concurso fraudulento em Santa Fé em 2006 (relembre).

Um dos autores do recurso é o atual prefeito, Fernando Brambilla, prefeito também à época dos fatos. O concurso foi para o preenchimento de 54 vagas na Prefeitura de Santa Fé, microrregião de Maringá.
Na decisão o ministro negou seguimento afirmando que todos os recursos foram interpostos fora do prazo legal. Agora só resta a análise de outros recursos pelo STF.
A decisão pode ser conferida, na íntegra, aqui.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.