Dominem as palavras,
caros Bolsonaros

A propósito da fala de Eduardo  Bolsonaro, sobre o AI-5, lembro uma frase: ‘ Você dominará sempre as palavras que  não disse, entretanto se subordinará àquelas que prenuncie’ (André Luiz/ Chico Xavier).


Em matéria de palavras pronunciadas e que causam uma ‘confusão danada’, os Bolsonaros, (o Pai e os três filhos), são quase insuperáveis. A fala do Eduardo, que no meu entendimento não foi para tanta reação, inclusive pedido de cassação do seu mandato, foi realmente foi inoportuna, desnecessária.
Atitudes como cancelar assinaturas da Folha de São Paulo, ameaçar a não renovação da concessão da Globo, com uso de palavras duras, quase chulas, não é bom para o governo.
Dominem as palavras, começando por. V. Excia Presidente. Domine seus filhos, caro Jair Messias. O Brasil precisa do equilíbrio do senhor na condução dos seus destinos.

Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.