Falecimentos de jovens

Depois de uma certa idade, acompanhamos mais de perto as informações sobre falecimentos e a natural que, mesmo sem conhecer as pessoas, olhemos as idades.

Hoje o Rigon postou informações sobre duas pessoas conhecidas, com 56 e 58 respectivamente, e lamentamos profundamente , notadamente pela idade, bem abaixo da expectativa média de vida do brasileiro, atualmente.

Vendo o obituário, então, notamos falecimentos de outras pessoas com  idades de 21, 46, 38 anos.

Como explicar ? Há pessoas como Fernanda Montenegro com 90 anos, em atividade. Orlando Drumont, com 100 anos e perfeitamente lúcido, vivo. Mistérios da existência humano e é muito bom que seja assim, que não saibamos o dia em que retornaremos ao Plano Espiritual. Vivos continuaremos, mas nem sempre é bom ficarmos sem a presença física dos que amamos, sobretudo quando temos a sensação de que seus corpos faleceram ainda jovens, como é o nosso caso e de muitos amigos.  Vamos tocando a vida, por aqui, sem pressa. Que os que nos precederam na grande viagem, se adaptem rapidamente  à nova situação.

Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.