Cerveja artesanal liberada

Bebida alcoólica, sendo feita artesanalmente, poderá ser vendida nas feiras livres a partir das 8h

A Câmara de Maringá aprovou ontem projeto de lei que muda o regulamento de feira livre, liberando a venda de cervejas artesanais produzidas no município. Até então era proibida a venda de qualquer tipo de bebida alcoólica em feira livre. O projeto joga no colo da Secretaria de Trabalho, Renda e Agricultura Familiar os critérios de seleção das cervejarias que poderão explorar a venda.

Em 2020 a mesma Câmara aprovou projeto, que virou lei, proibindo consumo de bebida alcoólica em logradouros públicos (ruas, avenidas, praças, rodovias, áreas externas de campos de futebol e áreas de esportes), das 22h às 8h, sob pena de multa. Portanto, quem quiser beber em feira livre, que geralmente começa a funcionar às 6h e vai até as 12h, em média, terá que se adequar ao horário.

Advertisement
Advertisement