Busca: paranaguá

Política

Ave, memória

De Cláudio Humberto:

– O ex-governador Roberto Requião (PMDB) linkou no Twitter o vídeo da “futura presidenta Dilma” chamando o porto de Paranaguá de “modelo de gestão”. O irmão Eduardo está no rolo do roubo de cargas no porto.

Estadual

Governador descarta federalização do porto

De Ivan Santos, do Política em Debate:

– O governador Beto Richa (PSDB) descartou hoje risco de federalização do Porto de Paranaguá, ideia que ressurgiu após as denúncias de desvio de cargas e cobrança de propina na autarquia. “Eu recorri a vários amigos que tenho no governo federal. Disseram que esse boato está localizado aqui no Paraná. Lá em Brasília não tem discussão alguma em relação a federalização do Porto de Paranaguá. E nem faz sentido. Porque se não fizeram ao longo dos últimos anos do último governo, onde no meio político era voz corrente da gestão no mínimo temerária do porto, não seria agora com as medidas de moralização, que vão garantir competência para a gestão do porto, não há menor sentido fazer isso agora. Se houvesse, obviamente seria uma retaliação política puramente”, afirmou.

PS deste Blog: Se Beto perguntar ao ex-governador vai saber que quem está por trás do boato faz parte de sua equipe. E tentou isso antes, por milhões de motivos.

Geral

Maringaense é atropelado no litoral

Um maringaense foi atropelado na manhã de hoje em Guaratuba, no litoral paranaense, quando andava na calçada. Lourival Teodoro da Silva, 63, cabo aposentado da PM, teve múltiplas fraturas e foi levado para um hospital de Paranaguá, onde passaria por cirurgia. O condutor de um Ford Fiesta, placa de São José dos Pinhais, em alta velocidade, perdeu a direção, bateu numa placa de sinalização e subiu na calçada da avenida Visconde do Rio Branco, atropelando também Francisco Natalício Cândido, 51, que morreu no local. Após o duplo atropelamento, o motorista evadiu-se. Com informações do Bonde.

PS – Lourival não resistiu aos ferimentos e faleceu à tarde.

Estadual

Farmacêuticos discutem pauta de reivindicações

O Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná está convocando assembleias gerais extraordinárias que acontecerão em janeiro e fevereiro em Curitiba (26 de janeiro), Ponta Grossa (1º de fevereiro), Londrina (2), Cascavel (3), Maringá (3) e Foz do Iguaçu (4) e Paranaguá (6) para discutir a pauta de reivindicações 2011/2012 das categorias do comércio varejista de produtos farmacêuticos e comércio atacadista de drogas e medicamentos, dos laboratórios, laboratórios de análises e patologia clínica, anatomia e citologia e dos hospitais e estabelecimentos de serviços de saúde, das indústrias e das empresas de medicina em grupo e das empresas de transportes do Paraná.

Por sinal, ontem foi o Dia do Farmacêutico, que são 12 mil profissionais no estado e o CRF-PR divulgou uma mensagem.

través de sua advogada, no caso de insucesso das
negociações. Curitiba, 19 de janeiro de 2011. Lia Mello de Almeida- Presidente
R$ 176,00 – 2033/2011

Blog

Barulho nos bastidores

Continuam, nos bastidores, os rumores de que o ex-superintendente do Porto de Paranaguá, Eduardo Requião, estaria “guardado” na Polícia Federal, em Curitiba. A família diz que ele está em viagem internacional, mas nos meios policiais corre que, ao cumprir o mandado de busca e apreensão em seu apartamento, teria sido encontrado uma arma (seria um fuzil) sem registro, o que teria sido o motivo da prisão, não confirmada. Aí, é claro, os boatos só se engrandecem.

Blog

Dúvidas

O (ainda) deputado federal Gustavo Fruet (PSDB), que por pouco não pegou a cadeira de Requião no Senado, questiona via Twitter:

– Operação PF Porto Paranaguá. Ninguém viu nada antes eleições? Antaq? Secretaria dos Portos? Tribunal de Contas? Assembleia? Justiça? Cairá no esquecimento?

Geral

Peixe grande

A Operação Dallas, realizada pela Polícia Federal, cumpriu vários mandados de prisão – inclusive a do ex-superintendente dos Portos de Paranaguá e Antonina, DanielLúcio de Oliveira de Souza  – e de busca e apreensão contra acusados de roubos de carga, um deles na casa do ex-superintendente Eduardo Requião, irmão do senador eleito Roberto Requião. Leia mais. Recebi a informação há pouco de que Eduardo, que também foi secretário dos Transportes do Paraná, está preso na Polícia Federal em Curitiba.
PS – Zé Beto informa que ele teve pedido de prisão negado.

Midia

Operação temporária

Foi publicado hoje ato da Agência Nacional de Telecomunicações autorizando a TV Cultura de Maringá Ltda. a realizar operação temporária de equipamentos de radiocomunicação em Matinhos, Paranaguá e Pontal do Paraná, de 31 próximo a 16 de março. O documento é assinado pelo superintendente de Radiofrequência e Fisalização, Edilson Ribeiro dos Santos.

Estadual

Repasses federais

Em 2010, o Paraná o governo federal repassou ao Paraná R$ 2.948.437.482,29, sendo R$ 2.948.437.482,29 ao governo estadual e R$ 5.199.860.736,64 divididos entre os municípios. Destes, Curitiba foi a cidade que mais recebeu repasse de recursos federais. Foram R$ 893.309.741,44, de acordo com o Portal da Transparência. Londrina recebeu R$ 239.192.742,34 e Maringá, na terceira posição, recebeu R$ 178.280.720,92.
A seguir vieram: Foz do Iguaçu, R$ 118.830.527,13; Ponta Grossa, R$ 70.450.836,09; São José dos Pinhais, R$ 66.728.255,24; Cascavel, R$ 63.867.443,11;  Colombo, R$ 60.963.612,98; Guarapuava, R$ 59.667.313,45; Apucarana, R$ 58.198.788,45; Umuarama, R$ 54.320.538,43; Araucária, R$ 52.384.152,55; Campo Mourão, R$ 50.202.607,73; Pato Branco, R$ 47.760.232,21; e Paranaguá, R$ 42.497.018,98.

Verdelírio

Sem grupo

Um destacado maringaense que é amigo e votou em Flávio Vicente, disse que falta uma coisa muito importante para que ele obtenha sucesso em sua vida política: “O Flávio não tem um grupo, e em política ninguém faz nada sozinho”.Continue lendo ›

Política

Beto Richa anuncia mais três nomes

O governador eleito do Paraná, Beto Richa, anunciou hojes nomes de mais três integrantes da equipe de governo. Airton Maron será o novo superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina. Marcos Traad será o novo diretor do Detran-PR e o vereador curitibano Omar Sabbag será o superintendente do Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec). Leia mais.

Verdelírio

Obra acabada

As obras e reformas e reestruturação que estavam sendo realizadas na Câmara Municipal de Maringá já foram concluídas. O presidente do poder Legislativo, Mário Hossokawa, disse que não havia necessidade de inauguração e que os benefícios já estão à disposição dos vereadores, funcionários e dos contribuintes.Continue lendo ›

Maringá

Profissionais de Libras criam associação

No próximo dia 4, às 10h, no CEEBJA de Maringá (rua Paranaguá), todos os intérpretes e professores de Libras (Língua Brasileira de Sinais), assim como os instrutores, estarão reunidos para “unir a classe para conquistar maiores espaços”. Da pauta do encontro fazem parte a escolha da primeira diretoria, o registro em ata, o cadastro de todos os participantes (por isos, deve-se levar currículo ou dados para o preenchimento do cadastro) e criação de um regimento para o registro oficial da associação. “Todas as pessoas que têm interesse em ser intérprete ou professor de Libras poderá participar, no entanto só poderá se candidatar a presidente da associação aqueles que de alguma forma comprovarem que atuam como intérprete ou professor de Libras”, avisam os organizadores, acrescentando que será aceita a apresentação de um dos seguintes itens como comprovante: carteira registrada com atuação de intérprete (CLT ou PSS), Feneis, Prolibras, Letras Libras, declaração de associação dos surdos que foi avaliada.

Blog

Repasses de recursos federais

Dos mais de R$ 6,5 bilhões repassados pelo governo federal ao Paraná, este ano, a maior fatia ficou com Curitiba (R$ 728.368.719,46), seguida de Londrina (R$ 195.397.092,93) e Maringá (R$ 139.785.650,97). A seguir, de acordo com o Portal da Transparência, aparecem as cidades de Foz do Iguaçu ( R$ 97.030.052,27), Ponta Grossa (R$ 56.556.155,85), Cascavel (R$ 52.369.290,73), São José dos Pinhais (R$ 50.917.698,94), Colombo (R$ 50.083.905,11), Guarapuava (R$ 49.004.506,82), Apucarana (R$ 47.009.999,07), Umuarama (R$ 43.810.182,04), Araucária (R$ 42.062.873,95), Campo Mourão (R$ 40.770.244,67), Pato Branco (R$ 37.389.167,58), Paranaguá (R$  35.078.981,31). Cianorte recebeu R$ 23.051.391,22, Paranavaí R$ 22.227.029,51, Sarandi R$ 21.315.928,45, Jandaia do Sul R$ 15.356.052,98, Mandaguari R$ 13.370.950,45, Marialva R$ 11.043.463,62, Paiçandu R$ 10.383.118,88 e Astorga R$ 9.570.432,92.

Geral

Vapt-vupt

Vapt – Na PF, ex-ministro Erenice muda versão anterior e admite ter se encontrado com consultor.

Vupt – Estudantes protestam por faixa de pedestres na Zona 7, em Maringá.

Verdelírio

Premiação

Rose Machado, jornalista e co-apresentadora do Programa RIC Rural, se inscreveu no Concurso de Telejornalismo Rural promovido pela Ocepar – Central de Cooperativas do Paraná. Rose participou mais por participar, e sem maiores aspirações, e ainda assim garantiu o segundo lugar do concurso.Continue lendo ›

Blog

Qual a pasta mesmo?

O clima entre os defensores das principais candidaturas a governador esquenta. Depois de Osmar Dias afirmar que Beto Richa é privativista (bem, ele está com Ricardo Barros, que queria privatizar o Porto de Paranaguá…) e Lula insinuar que só a vitória do irmão de Álvaro garantirá a continuidade do Bolsa Família no Paraná, a tucadana pergunta: qual secretaria mesmo ocupará João Pedro Stédile em caso de vitória do senador?

Blog

Discurso e cia.

“Copel, Sanepar e Porto de Paranaguá voltarão a ser referência e orgulho dos paranaenses”, disse Beto Richa hoje, ao passar por Paranavaí. O discurso não combina com a companheirada: o candidato a senador que Beto apoia, Ricardo Barros (PP), foi acusado há alguns anos pelo ex-governador Roberto Requião de lutar pela privatização do Porto de Paranaguá, episódio que envolvia uma licitação supostamente superfaturada para obras. O episódio aconteceu quando Barros atendia como vice-líder de FHC.

Política

Lindolfo em campanha

O candidato a deputado estadual  Lindolfo Junior (PTC) esteve ontem em Curitiba para participar de uma reunião política com várias lideranças do estado. No domingo foi à Paranaguá participar da 25ª Festa da Tainha, a 33ª Festa do Pescador e a 2ª Feira Regional da Tainha, ao lado do candidato Beto Richa.

Estadual

Ar-condicionado

A Procuradoria da República no Paraná realiza hoje pregão eletrônico para  aquisição de aparelhos de ar-condicionado para as unidades jurisdicionadas da localizadas nos municípios de Apucarana, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Paranaguá, Paranavaí e Ponta Grossa, inclusos os custos com a instalação dos equipamentos (exceto para o município de Paranavaí).

Negócios

Insol em recuperação judicial

O juízo da 2ª Vara Cível da comarca de Ponta Grossa abriu prazo de 15 dias para habilitação de credores no processo de recuperação judicial da Insol Intertrading do Brasil, Indústria e Comércio S/A e Nova GS Participações S/A.  A Insol Intertrading do Brasil atua no ramo de derivados de soja e sua produção é voltada ao mercado externo, e alegou que, em razão da conjuntura econômica desfavorável a partir de 2008 – marcada ainda pela tentativa frustrada de renegociar extrajudicialmente suas dividas com os credores – teve abalada sua
saúde financeira, “não obstante se trate de empresa viável e cumpridora da função
social que lhe é reservada”. Como administrador judicial foi nomeado o advogado Joaquim Alves de Quadros. A Insol atua nos municípios de Curitiba, Ponta Grossa, Maringá (0nde possui uma fábrica), Paranaguá, Erechim (RS), Tapurah, Sorriso, Cuiabá, Sinop e Nova Xavantina (MT).

Geral

Tormena será sepultado amanhã às 10h

O corpo de Anísio Tormena ainda se encontra no Instituto Médico Legal de Paranavaí e deverá ser liberado logo mais para o velório que está programado para o ginásio de esportes de Paraíso do Norte (horário ainda não definido), cidade onde residia, e será sepultado às 10h de amanhã. De acordo com informações da assessoria da entidade, o presidente da Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná faleceu às 5h de hoje entre as cidades de Floraí e Presidente Castelo Branco, vítima de acidente automobilístico. Acredita-se que ele perdeu o controle de seu veículo e capotou quando se dirigia para Maringá, onde embarcaria rumo à Brasília para uma reunião às 10h no Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) e, amanhã, como coordenador do Fórum Nacional de Lideranças do Setor Sucroenergético, que reunia 19 estados produtores de álcool e açúcar, cargo que exercia havia vários anos.  Continue lendo ›

Blog

ANTT nega pedido da CPA

O presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Bernardo Figueiredo, através de resolução, indeferiu no último dia 14 o pedido de registro da empresa CPA Armazéns Gerais Ltda. como usuário com elevado grau de dependência do serviço público de transporte ferroviário de cargas, prestado pela América Latina Logística (Malha Sul) para os fluxos de açúcar e etanol, entre as estações de Engenheiro Vicente Montanha (Maringá) e Dom Pedro II (Paranaguá). A ANTT considerou que a CPA – que tem como acionistas várias cooperativas e destilarias do interior paranaense – não preenche os requisitos estipulados pela resolução nº 350, de 2003.

Cidades

Habitação: municípios estão irregulares no SNHIS

No Paraná, 142 municípios estão irregulares perante o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social em relação à apresentação da lei de criação do Fundo e do Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social, como prevê legislação de 2005,  e cinco municípios não aderiram ao SNHIS. Oito municípios da micro-região 9 (Amusep) estão nesta situação, além de uma grande cidade paranaense (Foz do Iguaçu). De acordo com a secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, a lei que cria o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social e institui o Conselho Gestor do FNHIS foi “um importante avanço na reestruturação do planejamento da política habitacional para o país” e é essencial para que os prefeitos possam aderir ao SNHIS. Os municípios que não aderiram ao sistema e os que aderiram, mas não cumpriram os compromissos assumidos no termo de adesão, ficam impedidos de acessar recursos do FNHIS. “Os municípios que possuem contrato(s) de repasse ou termo(s) de compromisso assinado(s) poderão apresentar Lei de criação do Fundo e Conselho Local de Habitação de Interesse Social até o dia 30 de junho de 2010, conforme Resolução nº 30, de 16 de dezembro de 2009, do Conselho Gestor do FNHIS. Após essa data se o município não apresentar a referida lei, o repasse de recursos será interrompido”, explicou ela em correspondência endereçada a lideranças da Câmara dos Deputados, como o deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB), a quem solicitou orientação aos municípios, afim de garantir a continuidade dos contratos de repasse.  “Somente por meio de ações conjuntas com as prefeituras será possível enfrentarmos os desafios colocados pela questão habitacional no nosso país”, frisou.

Da região de Maringá estão irregulares e podem ricar sem recursos para as casas os municípios de Floraí, Floresta, Ivatuba, Lobato, Mandaguaçu, Nossa Senhora das Graças, Santo Inácio e Uniflor. Entre as 142 cidades na mesma situação estão ainda Apucarana, Corumbataí do Sul, Farol, Fênix, Inajá, Ivaporã, Jandaia do Sul,. Juranda, Paranaguá, Porto Rico, Rondon, Sabáudia, São João do Ivaí e Tuneiras do Oeste.

Entretenimento

Repasse de verbas federais

O Paraná recebeu R$ 1.549.550.877,85 do governo federal neste ano, sendo que R$ 560.964.312,68 foram para o governo do Estado e R$ 988.586.565,17 para os 399 municípios. Maringá é o terceiro município que mais recebeu recursos federais, R$ 29.607.637,95, incluídos os valores para as áreas de saúde e educação, entre outros. Confira o ranking com os primeiros municípios que mais receberam o repasse:

Curitiba – R$ 163.501.156,56
Londrina – R$ 40.572.765,55
Maringá – R$ 29.607.637,95
Foz do Iguaçu – R$ 21.640.137,06
Ponta Grossa – R$ 13.424.318,08
Cascavel – R$ 12.104.206,04
Colombo – R$ 11.674.845,24
São José dos Pinhais – R$ 11.550.458,89
Guarapuava – R$ 11.385.305,79
Apucarana – R$ 11.071.500,30
Umuarama – R$ 10.604.779,45
Campo Mourão – R$ 9.672.184,31
Araucária – R$ 9.343.312,33
Pato Branco – R$ 8.722.999,44
Paranaguá – R$ 8.195.224,87

Opinião

O Estado como parceiro do produtor rural

De Beto Richa:

Tenho conversado com produtores rurais, grandes e pequenos, com presidentes de associações e cooperativas agrícolas. E todos me dizem que esperam do Governo do Estado um parceiro de todas as horas, articulador de planos locais de desenvolvimento e indutor de oportunidades. Penso da mesma forma. Seja no caso da aftosa, que agora se discute, seja na agricultura e na pecuária como um todo, o setor deve ter no Estado um parceiro, articulador de planos locais de desenvolvimento e indutor de oportunidades.Continue lendo ›

Blog

Presidente do PSDC vem a Maringá

O presidente estadual do Partido Social Democrata Cristão, Luiz Adão Marques, estará em Maringá na próxima quinta-feira. Ele vem para formalizar as mudanças na direção do PSDC local e regional, que deverão ficar sob a responsabilidade de Carlos Augusto Ferreira, o Carlão. Hoje, Herculano Ferreira responde pelo partido.

Luiz Adão Marques, por sinal, participou de encontro do PMDB em Paranaguá e foi elogiado pelo vice-governador Orlando Pessuti, que destacou sua pré-candidatura a deputado federal. O PSDC ainda está em fase de análise em relação aos pré-candidatos ao governo do Estado.