bolha imobiliária

Geral

Morando de graça

O site Bolha Imobiliária no Brasil reproduziu reportagem veiculada pela RICTV mostrando que, em Maringá, para atrair locatários, locadores estão oferecendo períodos em que a pessoa pode morar de graça.
“Em todo o estado, o mercado imobiliário está em crise e com muitos imóveis na fila para locação em Maringá, a alternativa está sendo deixar o inquilino morar de graça por alguns meses”, diz o texto.

Opinião

Bolha imobiliária em Curitiba, no Brasil e nos emergentes?

De Luciano D´Agostini, na Gazeta do Povo:
Ao elaborar uma pesquisa na Boca Maldita, contendo as perguntas “o preço do imóvel em Curitiba está caro?” e “O seu salário nos últimos anos aumentou?”, certamente observaremos a resposta “sim”. Estas duas perguntas, generalizadas para o Brasil e para os emergentes, teriam a mesma resposta: “sim”. Ambos, inflação dos imóveis e inflação dos salários, aumentaram; no entanto, o segundo cresceu bem menos que o primeiro, pelo oitavo ano consecutivo, em Curitiba, no Paraná, no Brasil e nos mercados emergentes (Brics). Existem também algumas discussões técnicas a respeito da inflação dos imóveis, da inflação dos salários, da taxa de crescimento do crédito, do endividamento das famílias sobre a renda, da rentabilidade do aluguel sobre o preço do ativo imobiliário, da inflação do aluguel e inflação dos salários e taxas de lucros, do déficit habitacional com a demanda efetiva keynesiana e dos custos da construção civil. Na íntegra.

Geral

Vencedor do Nobel fez alerta sobre bolha imobiliária no Brasil

Um dos vencedores do prêmio Nobel de Economia, Robert Shiller, afirmou no mês passado que o Brasil pode estar vivendo um bolha imobiliária semelhante a vivida pelos Estados Unidos, e que deu origem a crise econômica de 2008. Ele ganhou o prêmio Nobel de Economia junto com outros dois professores da universidade de Chicago. Durante apresentação em evento no país, o economista levantou suspeitas sobre uma alta sem explicação nos preços dos imóveis. “Suspeito que haja uma bolha imobiliária no Brasil. Os imóveis mais que dobraram de preço no Rio de Janeiro e em São Paulo nos últimos cinco anos [segundo números da pesquisa FipeZAP]. O que aconteceu em cinco anos de tão dramático para os preços subirem assim? A inflação não foi muito menor? Os preços caíram 25% em Los Angeles e Nova York no mesmo período. E por que os preços no Brasil foram para cima ininterruptamente?”, disse. Leia mais.

Brasil

Cedo ou tarde, bolha imobiliária caminha para o estouro

De Samy Dana:
Não é a primeira vez que alertamos sobre o risco de uma bolha imobiliária no Brasil em nossa coluna. Cedo ou tarde, o mercado se conscientizará do estrondoso e irracional aumento dos preços dos imóveis e, como em um efeito dominó, irá corrigir os preços rapidamente, como sempre vemos no estouro das bolhas. Vale lembrar que esses mesmos preços levaram anos para subir. Essa semana o assunto veio novamente à tona, quando o economista Robert Shiller, professor da Universidade de Yale, alertou a população sobre a chamada “crise pontocom” e a bolha imobiliária nos Estados Unidos, e colocou o Brasil em seus discursos com preocupação. Segundo Shiller, “os preços dos imóveis vêm dobrando nos últimos anos. As pessoas agora estão tomando empréstimos para comprar imóveis. Se os preços entrarem em colapso, vai incorrer no mesmo tipo de problema que tivemos nos Estados Unidos”. Leia mais.