ivan téo

Leitura

Rancho da goiabeira

Para Angie e Pedro

No fundo daquele rancho
Nasceu uma goiabeira
Se antes não tinha dono
Agora é da vila inteira.

Pé-de-goiaba moleque
Pé-de-goiaba matreira
O rancho agora sorri
O rancho da goiabeira.

Mas só que tem um problema:
Zangou-se o dono da venda.

Ninguém mais compra goiaba
Naquele seu armazém.
Só a goiaba do rancho
Que não precisa vintém.

Poema de Ivan Téo (www.ivanbluesteo.blogspot.com)