lxo

Cidades

Prefeito é condenado por favorecimento em contrato de lixo

O prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), foi condenado por improbidade administrativa em um processo que investiga o favorecimento da empresa responsável pela coleta de lixo do município. De acordo com as investigações, a prefeitura fez a contratação direta da empresa alegando que não teria tempo suficiente para fazer uma licitação. Na época, informa o G1, a empresa já fazia a coleta de lixo da cidade e o contrato havia sido prorrogado por um ano (leia mais).
Cascavel é a terra de Leopoldo Fiewski, que, apesar de ser secretário municipal para cuidar do que é feito com dinheiro do BID, é o interlocutor de Ricardo Barros (PP) na questão do lixo – algo que se arrasta há dez anos em Maringá, com mau cheiro.